Cidadão do Povo
Mauricio Dias

O tempo chuvoso deve continuar em quase todo o estado durante os próximos dias. Segundo o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), áreas de instabilidades organizadas pela Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) ainda manterão o céu com muita nebulosidade em várias regiões. Nesta terça-feira (12), a atuação desse sistema deverá manter o céu encoberto e chuvoso em toda a faixa centro-sul e oeste baiano.

Ao longo desse período, não se descarta a ocorrência de chuvas com volumes significativos, principalmente no Oeste, São Francisco, Sudoeste e Sul, onde estas poderão vir acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento mais intensas. Na Chapada Diamantina e Recôncavo, também há condições de chuvas ao longo do dia. Já no Norte e Nordeste, também são esperadas chuvas, porém de fraca intensidade e podendo ocorrer em locais isolados. São nessas regiões onde são esperadas as maiores temperaturas do Estado, com máximas podendo chegar aos 36°C. BN - Foto: Ilustração

O município de Morro do Chapéu recebe a sua primeira fabrica de embutidos: a Sabor Latino. A empresa, que será inaugurada no próximo sábado (16), chega no município com expertise na produção de defumados há mais de 30 anos. Dentro das normas de fiscalização, aprovadas pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), a indústria na cidade é resultado de um investimento de R$ 1 milhão, financiado pelo Banco do Nordeste.

A produção, que inicialmente era feita de forma artesanal sob encomenda apenas para amigos e familiares, irá ganhar um mix de 30 produtos nas linhas frescal e defumada de ovinos, suínos e aves. Segundo o engenheiro de produção responsável pelo empreendimento, Maurício Sodré Aguiar, a estrutura da fábrica já está pronta, aguardando apenas a aquisição da frota de veículos para entrar em operação, com faturamento previsto de R$ 5 milhões nos próximos dois anos.

Além do pernil de carneiro defumado, carro-chefe da marca, a Sabor Latino vai produzir linguiça, copa lombo, lombo, costela, bacon, carré, paleta, salame e hambúrguer, com perspectiva de aumentar o mix de produtos através da inserção da linha de curados especiais. Localizada às margens da rodovia BA-144 (a cerca de três quilômetros da entrada de Morro do Chapéu), a Sabor Latino deverá gerar, inicialmente, dez empregos diretos, mas tem capacidade de oferecer até 40 empregos nos três primeiros anos de operação. A Tarde - Foto: Divulgação

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (11), que vai aumentar o preço do diesel e da gasolina. A partir desta terça-feira (12), o valor cobrado nas refinarias sofrerá elevações de 1,8%, no diesel, e 1,4% na gasolina. Esse é o nono aumento semanal seguido anunciado pela empresa. Na última sexta-feira (8), a empresa já havia informado aumentos nos combustíveis que passaram a valer no sábado (9).

O anúncio constante de aumentos nos preços faz parte da nova política de preços da Petrobras. Anunciado há alguns meses, o método aumenta e reduz os preços quase diariamente, com o objetivo de acompanhar a cotação de mercados internacionais e evitar prejuízos e grandes aumentos. A empresa ressalta que a decisão de repassar os valores ou não ao consumidor é de cada um dos postos. Desde o início desse tipo de cobrança, a gasolina já aumentou 24,11% e o diesel 18,08%.  Yahoo - Foto: Reprodução

Foto: Emerson Rocha/Bahia Acontece

Como já era previsto pelos institutos de meteorologia durante a semana, as chuvas chegaram à região de Jacobina no final da tarde deste sábado (9) com boa intensidade. Por volta das 15h20 o tempo fechou e o que era dia virou quase noite em toda a cidade, dando início as primeiras pancadas de chuva com duração ininterrupta de aproximadamente 60 minutos. O tempo deve continuar chuvoso neste domingo (10), com temperaturas variando entre 30° na máxima e 22° na mínima.

Nenhum apostador acertou as dezenas da Mega-Sena. O prêmio acumulou e deve pagar R$ 33 milhões na próxima quarta-feira (13). O sorteio do concurso 1.995 foi realizado neste sábado (9) no município de Teixeira de Freitas (BA). Os números sorteados foram: 14-26-29-35-37-39. A quina teve 66 apostas vencedoras. Cada uma receberá R$ R$ 38.617,02. Na quadra houve 4840 ganhadores, que ganharão, cada um, R$ 752,27.

Apesar dos institutos de meteorologia apontarem chuva para esta sexta-feira (8) na região de Jacobina, a manhã é de sol e céu aberto com poucas nuvens. Entretanto o Instituto Clima Tempo aponta que teremos sol com aumento de nuvens ao longo do dia. À noite ocorrem pancadas de chuva. A temperatura máxima para hoje deve alcançar os 33° e a mínima fica em 23°, com 73% de possibilidade de chuva no período noturno em torno de 4mm.

Foto: Reprodução

A Receita Federal liberou, às 9h desta sexta-feira (8), a consulta ao sétimo e último lote de restituição do Imposto de Renda 2017. Ao todo, este último lote de restituições contempla 2.038.984 contribuintes, que receberão R$ 3.108.036.433,66 diretamente em suas contas bancárias no próximo dia 15 de dezembro.

Desse total, aparecem 23.775 contribuintes idosos e 3.331 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, conforme determina o artigo 69 da lei 9.784, de 1999. Além dos documentos deste ano, o lote multi-exercício abrange também declarações que estavam retidas na base de dados do Fisco entre os anos de 2008 a 2016. A restituição liberada ficará disponível no banco durante o período de um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet.  CONFIRA AQUI SE VOCÊ ESTÁ NESTE LOTE DE RESTITUIÇÃO

Pela décima vez seguida, o Banco Central (BC) baixou os juros básicos da economia. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu hoje (6) a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, de 7,5% ao ano para 7% ao ano. A decisão era esperada pelos analistas financeiros.

Com a redução de hoje, a Selic atinge o menor nível desde o início da série histórica do Banco Central, em 1986. De outubro de 2012 a abril de 2013, a taxa foi mantida em 7,25% ao ano, anteriormente o nível mais baixo da história, e passou a ser reajustada gradualmente até alcançar 14,25% ao ano em julho de 2015. Somente em outubro do ano passado, o Copom voltou a reduzir os juros básicos da economia.

Apesar do corte, o Banco Central está afrouxando menos a política monetária. De abril a setembro, o Copom havia reduzido a Selic em 1 ponto percentual. O ritmo de corte caiu para 0,75 ponto em outubro e 0,5 ponto na reunião de hoje. Em nota, o BC informou que a inflação está se comportando como o esperado e indicou que pode continuar a cortar os juros básicos na próxima reunião do Copom, no fim de janeiro. Foto: Reprodução

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reunirá nesta quarta-feira (6) e a expectativa dos analistas do mercado financeiro é que a taxa básica de juros da economia será reduzida dos atuais 7,5% para 7% ao ano. A reunião do Copom desta quarta é a última de 2017. A decisão sobre a Selic será anunciada pelo Banco Central após as 18h.

Se confirmada a previsão dos economistas, a Selic será reduzida pela décima vez consecutiva e atingirá o menor patamar desde 1986, quando começou a série histórica do Banco Central. Até agora, a menor taxa de juros já registrada é a que vigorou entre outubro de 2012 e abril de 2013, em 7,25% ao ano. *G1

16 instituições foram escolhidas entre 21 concorrentes. Expectativa é de que 1.253 pessoas sejam beneficiadas diretamente

O Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental, responsável pela gestão e desenvolvimento de programas de responsabilidade socioambiental da Yamana Gold, encerrou, no final de novembro, o processo de escolha das iniciativas que serão apoiadas em 2018 pelo projeto Seminário de Parcerias. A verba contemplada para o projeto no próximo ano é de R$ 121 mil.

Realizado há 10 anos em Jacobina, o Seminário de Parcerias já contemplou 127 projetos. Para 2018, foram escolhidas 16 instituições, sendo seis iniciativas de assistência social, uma de educação e nove de geração de renda. A expectativa é de que 1.253 pessoas sejam beneficiadas diretamente. “A cada ano, percebemos um maior interesse das instituições no projeto, mas queremos aumentar ainda mais esse número, beneficiando cada vez mais instituições. A gente acredita que ao investir na sustentabilidade, na geração de emprego e renda e na educação estaremos contribuindo para transformar a vida da comunidade”, destaca a analista de comunidades da Jacobina Mineração e Comércio (JMC), Isadora Souza.

Um dos projetos selecionados para 2018 é o da Associação de Produtores de Leite do Paraíso, que trabalha pela melhoria das condições de vida dos produtores de leite, com foco na diversificação das fontes de renda e da produção familiar e economia solidária. A associação solicitou verba para a aquisição de uma plantadeira adubadeira de quatro linhas para produção agrícola. “Com o equipamento, a associação vai colocar em ação um projeto de geração de emprego e renda que envolve o plantio de feijão, soja, milho, sorgo e outras culturas, não apenas focadas na alimentação animal, mas também humana”, conta o tesoureiro da associação, João Carlos Araújo.

Esta é a terceira vez que a associação participa do Seminário de Parcerias e em todas elas seus projetos foram aprovados. “No primeiro ano compramos uma moto para transporte de leite e no ano passado compramos uma coletora de silagem. Esses equipamentos melhoraram muito a vida na região. Além do nosso uso, disponibilizamos os equipamentos para outros produtores rurais da região porque a gente acredita que assim estamos contribuindo para toda a região”, conta Araújo.

Para ele, o Seminário de Parcerias da Yamana é uma das poucas alternativas para o desenvolvimento urbano e rural da região. “A JMC se tornou uma parceira importante, que nos dá oportunidade de mudar vidas. Com a parceria da Yamana Gold estamos conseguindo, aos poucos, mudar a realidade do campo, reduzindo o êxodo rural, chamando os jovens para a vida no campo e fazendo da roça um lugar bom para trabalhar e cheio de oportunidades”, completa.

Outro projeto contemplado é da Associação dos Moradores do Jacobina II, que trabalha pela defesa de direitos sociais. A instituição pleiteou a aquisição de uma cobertura metálica para a cantina da associação, construída neste ano com recursos obtidos na edição passada do Seminário de Parcerias.

Segundo a presidente da associação, Maria José dos Santos Ferreira, o Seminário de Parcerias tem ajudado a comunidade de Jacobina em iniciativas fundamentais de integração social. “Por meio do projeto já conseguimos a cantina, que a comunidade pedia há tempos. E como no local nós costumamos promover atividades de lazer e saúde, como aulas de dança, capoeira, além de eventos e feiras de artesanato, a comunidade solicitou por meio de uma consulta popular a cobertura da área, de modo que melhore as condições do local, principalmente em dias de sol forte e chuvas”, destaca.

“Agora, poderemos realizar ainda mais eventos culturais e de geração de negócios, o que vai beneficiar muitas famílias”, finaliza.

Sobre o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental

Criado em 2012 pela Yamana, o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental tem como objetivo principal promover o desenvolvimento nas regiões onde atua por meio de iniciativas educacionais, sociais, ambientais e culturais, contribuindo para o desenvolvimento local por meio de ações, projetos e programas específicos, respeitando a diversidade cultural e características locais.

O Instituto Yamana é o responsável pela gestão e desenvolvimento dos programas de responsabilidade socioambiental da companhia e o faz por meio de parcerias com instituições para estimular pesquisas, incentivando ainda o conceito de voluntariado, a ética, cidadania e a democracia.

Uma pesquisa lançada nesta segunda-feira (4) aponta em quais casos o brasileiro é favorável ao aborto, ao ser confrontado com diferentes situações concretas vivenciadas pelas mulheres. Entre os entrevistados, 81% dos participantes da consulta afirmaram que concordavam com a interrupção em, ao menos, um dessas situações: em caso de uma gravidez não planejada; falta de condições para criar; no caso de meninas com até 14 anos; se o feto for diagnosticado com alguma doença grave ou incurável; se a mulher correr risco de vida ou caso ela tenha ficado grávida após ser vítima de um estupro.

Tendo em vista cada uma das situações, o maior índice de apoio à interrupção se dá quando a gravidez resulta de um estupro: 59% dos entrevistados se dizem “totalmente a favor”. Se a mulher correr risco de morte na gestação e/ou no parto, o índice passa para 48%. O número chega a 41% quando o feto for diagnosticado com alguma doença grave e incurável, como quando a mulher contrai zika durante a gestação, comprometendo o desenvolvimento neurológico do bebê.

Os percentuais de apoio diminuem nas situações em que se trata de meninas com até 14 anos grávidas (27%); se a família não tiver condições de criar (19%) e em caso de uma gravidez não planejada (11%). O maior índice de rejeição à interrupção é exatamente neste último caso: 66% se dizem “totalmente contra” o aborto quando a gravidez não é planejada. Agência Brasil - Foto: Rovena Rosa

A Petrobras informou que os preços do gás liquefeito de petróleo para uso residencial, envasado pelas distribuidoras em botijões de até 13 kg, aumentou em 8,9%, em média. O reajuste entra em à meia-noite vigor nesta terça-feira (5). O ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos.

Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o preço do botijão de 13 kg pode ser reajustado, em média, em 4% ou cerca de R$ 2,53 por botijão — isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.

O preço médio do botijão de gás era de R$ 65,64 na última semana, segundo números da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) feito junto a 2.565 pontos de venda. Segundo a estatal, o reajuste foi causado, principalmente, pela alta das cotações do produto nos mercados internacionais. Foto: Reprodução

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia prorrogou, até às 18h, desta sexta-feira (1),  o prazo para a renovação  de matrícula para o ano letivo de 2018.  O processo pode ser realizado pela internet, através do Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), ou diretamente na unidade escolar onde o aluno está matriculado, tem frequência regular e está concluindo o ano letivo de 2017.

Para a renovação, o estudante deverá recolher a carta de renovação na secretaria da escola onde estuda, sinalizar a intenção ou não de permanecer na unidade escolar onde está matriculado e devolver o documento para a escola. No caso de menores de 16 anos, é necessário que os pais ou responsáveis sinalizem a permanência ou não do aluno na escola e assinem o documento para a devolução. A outra opção é o estudante ou responsáveis (no caso de menos de 16 anos) utilizarem o código disponível na carta para acessar o sistema e renovar a matrícula pela internet. Foto: Reprodução

As chuvas recentes conseguiram recuperar, pelo menos parcialmente, os reservatórios de hidrelétricas brasileiras e a diferença será percebida no bolso do consumidor. Graças a “uma pequena evolução na situação dos reservatórios das hidrelétricas”, a Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, vai adotar, para o mês de dezembro, a bandeira vermelha de nível 1. Na prática, isso significa que o consumidor vai deixar de pagar R$ 5 cobrados a cada 100 kWh, pagando R$ 3 a cada 100 kWh consumidos.

A bandeira vermelha no patamar 2, mais crítica das bandeiras do sistema, foi utilizada pela primeira vez neste ano e estava em vigor desde o mês de outubro. Apesar da redução de gravidade na situação dos reservatórios, é importante lembrar ainda que a situação é de controle e economia de energia. “Ainda que não haja risco de desabastecimento de energia elétrica, é preciso reforçar as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício”, explica a Aneel. Foto: Reprodução

A compensação de cheques de qualquer valor passará a ser feita em um dia útil, inclusive os de menos de R$ 300, cujo prazo atual é de dois dias úteis. A mudança está prevista na Circular 3.859, divulgada nesta segunda-feira (27) pelo Banco Central (BC), que altera a sistemática de compensação de cheques. Os bancos e a Centralizadora da Compensação de Cheques (Compe) terão 180 dias para se adequar à nova sistemática.

Segundo o BC, com a redução da quantidade de cheques em circulação e o aumento da capacidade tecnológica para o seu processamento, a existência de mais de uma faixa de valores para compensação deixou de ser necessária. Entre março de 2005 e outubro de 2017, o número de cheques processados mensalmente pela Compe caiu de 170 milhões para 42 milhões. Foto: Reprodução

A Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), vinculada ao Ministério da Justiça, abriu a primeira investigação sobre a Black Friday após uma reportagem publicada no dia 19 de novembro pelo jornal Folha de São Paulo  sobre monitoramento de preços no período que antecede o dia de compras. A suspeita da Senacon é de que possa haver danos causados ao consumidor na Black Friday deste ano.

A instauração de investigação preliminar foi realizada na quarta-feira (22) e motivada pelo aumento injustificado de preços”. O DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor) vai analisar as informações colhidas e os dados levantados pelo jornal no monitoramento de 6.875 itens à venda no varejo.

Vamos ver se há na documentação, provas que permitam instauração de procedimento sancionatório contra os responsáveis”, esclarece o secretário nacional do Consumidor, Arthur Rollo. Os técnicos da Senacon/DPDC querem identificar e confirmar a veracidade da flutuação singular de preços apontada pela reportagem. A anomalia foi identificada em período de 15 dias de monitoramento, a partir de 31 de outubro.

Nove das maiores redes de varejo do país que comercializam eletroeletrônicos foram monitoradas pelos jornalistas da Folha de S.Paulo. A conclusão é que boa parte dos descontos apresentados nos sites desses estabelecimentos "não representa reduções de fato, apesar de muitas vezes trazerem descontos tentadores. Caso o levantamento se confirme nas investigações preliminares, o procedimento se transformará em processo administrativo sancionatório contra as redes de lojas sob averiguação. As multas podem chegar a R$ 9,5 milhões.  Fonte: InfoMoney - Foto: Reprodução/Internet

Os Correios abriram na última quinta-feira (23) um novo programa de demissões voluntárias (PDV) para enxugar ainda mais sua folha de pagamento, após o plano de incentivo a desligamentos realizado no primeiro semestre ter terminado com adesões inferiores à meta da companhia. O prazo de adesões vai até 29 de dezembro, último dia útil do ano. O objetivo da empresa é fechar 5,46 mil vagas. Se confirmado, isso significará uma economia mensal de R$ 54,5 milhões com pagamento de salários. Só entre carteiros, os Correios pretendem tirar 2 mil profissionais das ruas.

Com o PDV realizado no primeiro semestre, quando os pedidos de demissão chegaram a 6,26 mil, os Correios já tinham conseguido enxugar em R$ 68,6 milhões os gastos mensais com o efetivo. Apesar do grande número de adesões, o total ficou aquém da meta da estatal, que, em grave crise financeira, pretendia cortar na ocasião 8,2 mil empregados e enxugar a folha em R$ 72,9 milhões por mês. Ao reeditar o programa, os Correios poderão ampliar para 10% o corte de um quadro que, antes dos PDVs, somava aproximadamente 117 mil empregados. Para atingir um público maior, a empresa retirou a exigência de idade mínima de 55 anos dos últimos PDVs, permitindo agora a adesão a todos os empregados com pelo menos 15 anos de trabalho na companhia de serviços postais. Foto: Reprodução

A Caixa Econômica Federal realizou neste sábado (25) o concurso 1.991 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas foram: 19 - 20 - 28 - 34 - 36 - 44. Ninguém acertou as 6 dezenas, e o prêmio acumulou em R$ 65 milhões. O sorteio foi às 20h (horário de Brasília) em Italva (RJ). A Quina teve 80 acertadores, e cada um ganhou R$ 48.195,29. Outras 6.152 pessoas ganharam na Quadra, e vão levar R$ 895,32.

O Ministério da Educação (MEC) realiza neste domingo (26) o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017. Os participantes que ainda não sabem onde farão suas provas podem consultar os locais por meio do Sistema Enade. Além de fazer a prova, o participante deve preencher o questionário do estudante – até dia 26 – para obtenção da situação de regularidade no exame. O preenchimento é obrigatório.

Os portões serão abertos às 12h (horário de Brasília) e fechados às 13h. A aplicação da prova terá início às 13h30. O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos, habilidades e competências adquiridas.

Neste ano, o exame será aplicado apenas para alunos concluintes, ou seja, aqueles que tenham expectativa de conclusão do curso até julho de 2018 ou que tenham cumprido 80% ou mais da carga horária mínima do currículo do curso até o final das inscrições do Enade 2017.

A cada ano, o exame avalia um grupo diferente de cursos superiores, ciclo que se repete a cada três anos. Nesta edição, o Enade vai avaliar os estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia e Sistemas de Informação; dos cursos que conferem diploma de bacharel e licenciatura nas áreas de Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras-Português, Matemática e Química; dos cursos que conferem diploma de licenciatura nas áreas de Artes. AB - Foto: Reprodução

A Mega-Sena promete sortear prêmio milionário de R$ 60 milhões neste sábado (25), segundo as estimativas da Caixa Econômica Federal. No último sorteio do concurso (1.990), nenhum apostador cravou os seis números do bilhete. Houve 78 apostas que acertaram cinco números e faturaram R$ 41.488,51 cada. Outros 5.852 acertaram quatro dezenas e levaram R$ 789,98 para casa.

Cafe beira rio
Abreu