Cidadão do Povo
Mauricio Dias

As chuvas recentes conseguiram recuperar, pelo menos parcialmente, os reservatórios de hidrelétricas brasileiras e a diferença será percebida no bolso do consumidor. Graças a “uma pequena evolução na situação dos reservatórios das hidrelétricas”, a Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, vai adotar, para o mês de dezembro, a bandeira vermelha de nível 1. Na prática, isso significa que o consumidor vai deixar de pagar R$ 5 cobrados a cada 100 kWh, pagando R$ 3 a cada 100 kWh consumidos.

A bandeira vermelha no patamar 2, mais crítica das bandeiras do sistema, foi utilizada pela primeira vez neste ano e estava em vigor desde o mês de outubro. Apesar da redução de gravidade na situação dos reservatórios, é importante lembrar ainda que a situação é de controle e economia de energia. “Ainda que não haja risco de desabastecimento de energia elétrica, é preciso reforçar as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício”, explica a Aneel. Foto: Reprodução

Cafe beira rio
Abreu