Cidadão do Povo
Mauricio Dias

Os funcionários dos Correios do estado da Bahia decidiram, em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira, 5, manter a greve até que a proposta do Tribunal Superior do Trabalho (TST) seja analisada de forma detalhada pelos advogados. Uma nova a assembleia para decidir pela aprovação ou não da greve foi marcada para esta sexta, 6, às 16h30, na Praça da Inglaterra, no Comércio.

A proposta do vice-presidente do TST, o ministro Emmanoel Pereira, prevê um reajuste retroativo de salários e benefícios a agosto de 2017 em 2,07%, balizado pelo INPC. Antes, o TST tinha sugerido que os Correios ofereçam um aumento de 3% a partir de janeiro de 2018, o que não foi aceito pela categoria.

Caso seja aprovado o encerramento do movimento grevista, a categoria volta às atividades a partir de segunda, 9. A greve por tempo indeterminado foi decidida em assembleia na noite do dia 19 de setembro. Foto: Divulgação

Um concurso público para preenchimento de 88 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis médio/ técnico e superior foi divulgado pelos Correios nesta quinta-feira (5). Os salários vão de R$ 1.876,43 a R$ 4.903,05. O Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) é a organizadora responsável pela seleção.

Do total das oportunidades, 10% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para negros. As vagas de nível superior são para enfermeiro do trabalho júnior, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho júnior. As vagas de nível médio são para auxiliar de enfermagem do trabalho e técnico de segurança do trabalho. As inscrições custam R$50 para nível médio e R$70 para nível superior e podem ser feitas de 9 a 20 de outubro. Foto: Divulgação

A reunião de abertura do Seminário de Parcerias 2017 –realizado pelo Instituto Yamana de Desenvolvimento Social, por meio da Jacobina Mineração e Comércio (JMC) – recebeu 33 representantes de instituições filantrópicas interessadas em participar do projeto. Na ocasião, foram apresentadas as regras do novo regulamento, as orientações sobre como preencher o projeto e prazos de inscrição. Agora, a empresa dá continuidade ao cronograma do Seminário e vai realizar um plantão tira dúvidas no próximo dia 20, de 8h às 16h, na CDL de Jacobina (R. São Salvador, 9 - Caixa D 'água).

Por meio do Seminário de Parcerias, a JMC contribui para o desenvolvimento de projetos socioambientais das organizações sociais locais, com apresentação de projetos de interesse da comunidade. Podem participar instituições filantrópicas e de assistência social, escolas, igrejas, ONGs, associações de moradores e de classes e cooperativas de agentes econômicos, que sejam legalmente constituídas.

As instituições interessadas em receber o regulamento completo do Seminário de Parcerias 2017 devem solicitar pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Veja o cronograma com as próximas etapas do projeto:



Sobre o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental

Criado em 2012 pela Yamana, o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental tem como objetivo principal promover o desenvolvimento nas regiões onde atua por meio de iniciativas educacionais, sociais, ambientais e culturais, contribuindo para o desenvolvimento local por meio de ações, projetos e programas específicos, respeitando a diversidade cultural e características locais.

O Instituto Yamana é o responsável pela gestão e desenvolvimento dos programas de responsabilidade socioambiental da companhia e o faz por meio de parcerias com instituições para estimular pesquisas, incentivando ainda o conceito de voluntariado, a ética, cidadania e a democracia.

Consumidores podem fazer ligações locais e de longa distância nacionais de forma gratuita a partir de orelhões da Oi em 15 estados. A decisão, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), começou a valer no domingo (1º) e segue em vigor até 30 de março de 2018.

A gratuidade vale para telefones públicos de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

Em uma fiscalização realizada em agosto de 2017, a Anatel verificou que nesses estados o nível de orelhões em condições de operação não atingiu os patamares estabelecidos pela agência reguladora.

A disponibilidade dos orelhões deve ser de no mínimo 90% em todos os estados e de no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões. De acordo com a Anatel, a gratuidade se manterá até o dia 30 de março de 2018, quando deverá ser divulgado o resultado da próxima fiscalização sobre as condições de disponibilidade dos orelhões. Foto: Reprodução

Os aposentados e pensionistas da Região Nordeste são os mais prejudicados com a decisão dos Correios de interromper a prestação de serviços do Banco Postal em 1.827 de suas agências em 12 Estados. O motivo para interrupção do serviço é a falta de recursos da empresa para atender decisões judiciais que obrigam a contratação de vigilantes armados e porta giratórias em várias cidades brasileiras.

Do total de 1.827 agências que não terão mais os serviços do Banco Postal, 1.100 delas ou o equivalente a 60% estão localizadas na região Nordeste. Somente na Bahia, o Banco Postal deixará de operar em 440 agências dos Correios.

Mais de 137 mil aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estão sendo afetados com a migração do pagamento de seus benefícios para outras agências bancárias e, em algumas situações, para outros municípios devido à decisão dos Correios.

Dados do INSS, divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento Social, mostram que 1.231 pessoas terão que se dirigir a outro município para conseguir sacar os benefícios. Os demais terão recursos depositados em agências mais próximas do Banco do Brasil, que opera com o Banco Postal, ou transferidos para outras instituições. Fonte: G1- Foto: Reprodução/ABR

Nenhum apostador conseguiu acertar as seis dezenas do concurso 1.973 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (30) em Jundiaí (SP). Confira as dezenas que foram sorteadas: 01 – 12 – 16 – 17 – 52 – 60.

A quina teve 110 acertadores, que vão levar cada um R$ 32.691,06. Outras 7294 apostas acertaram a quadra e vão receber R$ 704,30. O próximo sorteio ocorre na quarta-feira (4) e pode pagar R$ 55 milhões.

O governo reduziu, pela segunda vez no ano, a taxa máxima de juros cobrados em empréstimos consignados para servidores públicos federais, aposentados e pensionistas. Para servidores, a taxa vai cair de 2,20% para 2,05% ao mês. Para aposentados e pensionistas, a queda será de 2,14% para 2,05% ao mês. A medida foi anunciada hoje (28) no Palácio do Planalto e será publicada no Diário Oficial de amanhã (29).

Segundo o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, a medida representa uma redução de R$ 5 bilhões ao ano no pagamento de juros de empréstimos consignados. “Isso é mais dinheiro que fica para o aposentado e para o servidor usar para suas necessidades.”

Os empréstimos consignados têm parcelas descontadas diretamente na folha de pagamento dos trabalhadores. O ministro destacou ainda que as sucessivas reduções da taxa básica de juros, a Selic, bem como a política de ajuste fiscal do governo, possibilitaram a medida em relação ao consignado.

“As taxas de juros no Brasil estão caindo. Estão caindo porque o governo não fez medidas populistas. Adotou uma agenda de reformas, uma agenda de ajuste fiscal e de austeridade. Isso permitiu que as taxas de juros caíssem. E por isso hoje temos a oportunidade de reduzir as taxas de juros do consignado”, disse Olveira durante o anúncio. A primeira redução nos juros máximos do empréstimo consignado este ano ocorreu em março, com queda de 0,3% para servidores e 0,2% para aposentados e pensionistas. Foto: Reprodução/ADVFN

Produtores rurais que planejam renegociar dívidas com melhores condições têm até hoje (29) para aderirem ao Programa de Regularização Tributária Rural (PRR). São elegíveis para o programa, apelidado de Refis rural e criado e regulamentado no mês passado, pessoas físicas ou compradores de produção rural de pessoas físicas. A multa por atraso na entrega da declaração é de 1% ao mês calendário ou fração sobre o imposto devido ou R$ 50, prevalecendo o maior valor.

Devem apresentar a declaração pessoas físicas ou jurídicas proprietárias ou titulares do domínio útil ou possuidoras de qualquer título de propriedade rural, incluindo aquelas que ocupam o imóvel em usufruto, e também co-possuidores – quando mais de uma pessoa tiver a posse do imóvel rural. No caso de contratos, decisões judiciais ou doações que estabeleçam que a propriedade pertence a mais de um contribuinte, um dos condôminos também deverá entregar a declaração.

O presidente Michel Temer anunciou nesta quinta-feira a liberação antecipada de saques do PIS/Pasep no valor total de 15,9 bilhões de reais, na expectativa de movimentar a economia da mesma forma que ocorreu com a liberação de saques das contas inativas do FGTS também neste ano. O governo reduziu a idade de saque dos recursos do PIS/Pasep de 70 anos para 65 anos no caso dos homens e para 62 anos para as mulheres.

Terão direito ao saque antecipado do PIS 6,4 milhões de pessoas, totalizando 11,2 bilhões de reais, com um valor médio de 1.750 reais, de acordo com a Caixa Econômica Federal. Já no caso do Pasep, serão 1,6 milhão de pessoas e um valor a ser pago de 4,7 bilhões de reais, segundo o Banco do Brasil. A partir de 19 de outubro a liberação atenderá cotistas com 70 anos ou mais; em 17 de novembro os recursos ficam liberados para os aposentados; e em 14 de dezembro a liberação vale para as mulheres a partir de 62 anos e os homens a partir de 65 anos.

Doze municípios baianos empregam mais de 90% dos trabalhadores com carteira assinada da cidade. Os dados são do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgados pelo IFGF 2017 [Índice Firjan de Gestão Fiscal] da Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan). Segundo a pesquisa, 12 cidades baianas bancam o emprego de 9 de cada 10 moradores. Em Mansidão, no extremo oeste, e Macururé, na parte norte do Vale do São Francisco, as prefeituras chegam a contratar quase todo mundo, chegando ao índice de 96,6% de emprego formal nesses locais. Abaixo das duas, aparecem Buritirama, Novo Horizonte, Ipecaetá, Irajuba, Mulungu do Morro, Morpará, São José do Jacuípe, Bom Jesus da Serra, Lamarão e Matina. Conforme a analista de estudos econômicos do Sistema Firjan, Nayara Freire, o problema desses municípios fica maior com a dependência por transferências externas, recursos que chegam do Estado e da União, como o programa Bolsa Família.

Para a economista, a instalação de empresas, mesmo com a isenção de impostos, pode ser uma saída. “É preciso criar condições para que empresas se instalem nas cidades, criando melhores condições para os moradores. Por mais que haja isenção de imposto com a instalação dessas empresas se acaba tendo maior arrecadação”, argumenta. Ainda segundo a pesquisa, ao todo, 53 cidades do estado têm mais de 80% da população com emprego formal lotada nas prefeituras. São os exemplos de Érico Cardoso, Canápolis, Pedrão, América Dourada, Souto Soares, Ichu, Saúde, Tabocas do Brejo Velho, Contendas do Sicorá, Umburanas, Sebastião Laranjeiras, Angical, entre outros. Em relação ao país, 530 municípios contratam mais de 80% da força de trabalho formal via prefeituras, ou praticamente 10% das 5.570 cidades brasileiras. Os últimos dados fornecidos pelo MTE sobre força de trabalho formal correspondem ao ano de 2015. Foto: Reprodução/Edital de Concursos Brasil

Mais uma vez, a Bahia não vai aderir ao horário de verão. A informação foi confirmada nesta terça-feira, 26, pelo governador Rui Costa, durante a inauguração do Centro de Bioimagem do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. A última vez que o estado baiano participou foi no verão de 2011. Sendo assim, este é o sexto ano seguido que a Bahia não adota o novo horário.

O governo federal chegou a cogitar a possibilidade de extinguir a mudança no relógio em todo país, após um estudo apontar que não há economia com o programa. Contudo, voltou atrás por considerar que não teria tempo para consultar a população sobre o assunto. O horário de verão no Brasil tem início às 0h do dia 15 de outubro, onde os relógios são adiantados em uma hora. O término está marcado para às 0h de 18 de fevereiro, atrasando os relógios em 1 hora. A Tarde - Foto: Reprodução

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, confirmou a manutenção do horário de verão para este ano. Segundo ele, o governo avaliou que não haveria tempo hábil para fazer uma consulta à população sobre o assunto para tomar uma decisão válida para este ano. A enquete, no entanto, será realizada, mas com mais tempo para que a população possa opinar e para que o governo possa avaliar os resultados e deliberar sobre a questão.

Neste ano, o horário de verão vai começar no dia 15 de outubro, quando todos deverão adiantar os relógios em uma hora. O horário de verão termina no dia 17 de fevereiro. Estudos realizados pelo Ministério de Minas e Energia apontam que o horário de verão não proporciona economia de energia, conforme adiantou o Broadcast em junho. Isso se deve principalmente à popularização dos aparelhos de ar condicionado, item que consome muita energia.

O pico de demanda atualmente ocorre no início da tarde, entre 14 horas e 15 horas, quando a temperatura está mais alta. No passado, o "vilão" da conta de luz era o chuveiro elétrico e o momento de maior demanda ocorria entre o fim da tarde e o início da noite, entre 17 horas e 20 horas. Foto: Ilustração

Pela sexta vez seguida, ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena. Os números sorteados neste sábado (23) à noite em Gurararema (SP) foram 04, 10, 41, 44, 52 e 54.  De acordo com a Caixa Econômica Federal, 39 pessoas acertaram a quina e receberão R$ 67.779,73 cada. Outros 4.001 apostadores acertaram quatro números e poderão sacar R$ 943,83 cada. O próximo sorteio será na quarta-feira (27). Segundo a Caixa, o prêmio pode alcançar R$ 40 milhões. Na poupança, o valor pode render mais de R$ 190 mil. O ganhador também pode comprar sete iates ou 14 casas de R$ 2,5 milhões cada.

A Mega-Sena promete sortear a bolada de R$ 30 milhões nesta quinta-feira (21). Por causa da Primavera, a Caixa Econômica fez um sorteio especial está semana, trocando os sorteios para terça (19), hoje e sábado (23). O valor do prêmio é uma estimativa da Caixa Econômica Federal.

Na última edição do sorteio, realizada na terça-feira (19), não houve nenhum apostador que faturou a Sena. Houve 20 apostas que cravaram cinco números do bilhete, levando R$ 73.292,36 cada, e outros 1.999 que conseguiram acertar a quadra, faturando R$ 1.047,55. Confira as dezenas sorteadas no concurso número 1.969 na terça: 08 — 20 — 30 — 32 — 48 — 59.

A Embasa decidiu suspender nesta terça-feira (19) o regime de racionamento de água nos municípios de Jacobina, Caém e Saúde após a Barragem de Pindobaçu transbordar com as chuvas ocorridas nos últimos dias. A novidade traz alívio à população, que passou a receber água com menor regularidade ainda no primeiro semestre deste ano.

A barragem, administrada pela Cerb, possui a capacidade de acumular 16,8 milhões de metros cúbicos de água e é responsável por atender os três municípios, através da Embasa, e a cidade de Pindobaçu, por meio de um sistema municipal de abastecimento. Para o gerente regional da Embasa, Vinícius Araújo, o acúmulo vai garantir mais segurança hídrica para toda a região. Fonte: Agmar Rios

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) registrou pagamento de R$ 1,1 bilhão em aposentadorias e pensões para beneficiários mortos em 2016. A informação consta de um relatório elaborado por técnicos do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União, segundo o qual o rombo estimado em R$ 149,73 bilhões no ano passado pode ser ainda maior. Há casos em que benefícios foram pagos em nome de pessoas mortas em 2015.

De acordo com o relatório do Ministério da Transparência, a origem do rombo pode ser dividida em duas partes. A primeira seria o pagamento indevido a beneficiários mortos, motivado pela demora em o INSS suspender o benefício para os falecidos. Esse atraso pode ser justificado pela falta de infraestrutura adequada para o processamento das informações até a diminuição do quadro de pessoal do órgão. Nesse aspecto, foram pagos entre janeiro e agosto do ano passado benefícios a 101.414 pessoas que constavam como mortas.

A segunda parte que explica o prejuízo se refere à dificuldade do INSS em reaver os valores depois que eles são depositados. Dos R$ 1,134 bilhão pagos a mortos constatados em 2016, apenas R$ 119,1 milhões foram recuperados. O relatório diz que os bancos alegam em muitos casos que não podem simplesmente devolver os recursos por causa do sigilo bancário. Outro fator é a fragilidade dos controles internos no processo de cobrança administrativa, evidenciada pela incapacidade da entidade para fornecer respostas aos auditores.

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena no sorteio 1968, realizado neste sábado (16) em Ituiutaba (MG). O prêmio foi acumulado e deve pagar R$ 13 milhões no próximo sorteio, nesta terça-feira (19). As dezenas sorteadas foram: 35 — 36 — 39 — 44 — 48 — 52

Cinco pessoas acertaram a quina e levam R$ 46.060,89 como prêmio. Outras quatro pessoas acertaram a quadra e recebem R$ 835,12 cada uma. O total arrecadado pela Caixa Econômica com as apostas para o sorteio foi de R$ 38.347.757,00.

Fonte: A Tarde - Foto: Reprodução/Ação Popular

Cento e setenta e três municípios baianos tiveram situação de emergência reconhecida devido à falta de chuvas no estado. O decreto de reconhecimento vale por 180 dias e será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quinta-feira, 14 (veja relação abaixo). O governo levou em consideração os baixos índices pluviométricos (de chuva) registrados nos últimos anos, que afetam quase a totalidade do estado.

Com a escassez das chuvas, o fornecimento de água potável tem sido comprometido e provocado graves prejuízos às atividades produtivas, principalmente na agricultura e pecuária.

Conforme o decreto, que passou pela análise da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), todos os órgãos estaduais devem participar de ações com o objetivo de buscar soluções para restabelecer a normalidade e preservar o bem-estar da população.

Confira a lista dos 173 municípios:

Começa a ser depositado nesta quinta-feira (14) o abono salarial PIS do calendário 2017-2018, ano-base 2016, para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em setembro. No caso do Pasep, que é pago para servidores públicos, o pagamento começa para quem tem final da inscrição 2.

De acordo com o calendário, quem nasceu nos meses de julho a dezembro receberá o PIS ainda no ano de 2017. Já os nascidos entre janeiro e junho receberão no primeiro trimestre de 2018. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 29 de junho de 2018, prazo final para o recebimento.

Para o exercício 2017/2018 serão destinados R$ 16,9 bilhões para pagamento do abono salarial a 24,3 milhões de trabalhadores. Até o final de agosto, 3,6 milhões de trabalhadores tinham sacado o benefício, o que corresponde a 14,85% do total, segundo o Ministério do Trabalho.

O valor do abono varia de R$ 78 a R$ 937, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2016. Trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa Econômica Federal, e os servidores públicos, no Banco do Brasil. É preciso apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep. Foto: Ilustração

O Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental, responsável pela gestão e desenvolvimento de programas de responsabilidade socioambiental da Yamana Gold, vai realizar no dia 29 de setembro, a partir das 14h, em Jacobina (BA), a primeira reunião do Seminário de Parcerias de 2017, a ser realizada na sede do Sindicato dos Comerciários de Jacobina (Rua Artur Diniz Veloso, 56 – Centro).
 
Por meio do Seminário de Parcerias, a empresa contribui para o desenvolvimento de projetos socioambientais das organizações sociais locais, com apresentação de projetos de interesse da comunidade. Podem participar instituições filantrópicas e de assistência social, escolas, igrejas, ONGs, associações de moradores e de classes e cooperativas de agentes econômicos, que sejam legalmente constituídas.

Nesta reunião serão apresentadas as regras do novo regulamento, orientação de como preencher o projeto e prazos de inscrição. Com o lançamento do programa, o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental, que já desenvolve intenso trabalho de responsabilidade social nas regiões onde atua, vai ampliar sua parceria na área de projetos sociais.



“O Instituto contribui para a melhoria da qualidade de vida nas comunidades vizinhas a todas as operações da Yamana Gold. Portanto, não é novidade e, sim, um valor e uma missão da empresa. A Yamana realiza há 10 anos o Seminário de Parcerias em Jacobina e já conseguiu contemplar 127 projetos. Nessa 11ª edição do programa, nós queremos aumentar ainda mais esse número e beneficiar muito mais instituições. Investir na sustentabilidade, no meio ambiente e na saúde é transformar um grande desafio em um fator de sucesso”, destaca a analista de Comunidades da Jacobina Mineração e Comércio (JMC), Isadora Souza.

Sobre o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental

Criado em 2012 pela Yamana, o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental tem como objetivo principal promover o desenvolvimento nas regiões onde atua por meio de iniciativas educacionais, sociais, ambientais e culturais, contribuindo para o desenvolvimento local por meio de ações, projetos e programas específicos, respeitando a diversidade cultural e características locais.

O Instituto Yamana é o responsável pela gestão e desenvolvimento dos programas de responsabilidade socioambiental da companhia e o faz por meio de parcerias com instituições para estimular pesquisas, incentivando ainda o conceito de voluntariado, a ética, cidadania e a democracia.

Abreu
Cafe beira rio