Cidadão do Povo
Mauricio Dias

Cris Cyborg encarou o combate mais difícil da sua carreira na madrugada deste sábado, em Las Vegas, nos Estados Unidos, no principal evento do UFC 219. Defendendo o cinturão do peso pena (até 66kg), a brasileira fez um duelo digno de título com Holly Holm, saindo do octógono com a vitória por decisão unânime dos juízes.

Foi uma luta muito equilibrada, com muitas trocas duras de golpes e movimentação, mas Cyborg conseguiu prevalecer e manter seu cinturão. Ambas terminaram o combate com um abraço, em gesto de "fair-play", mas com os rostos bem marcados, demonstrando o quão dura foi a disputa. Ao final, os juízes decidiram de forma unânime em favor da brasileira (49 a 46, 48 a 47 e 48 a 47). Pela primeira vez, Cyborg lutou durante cinco rounds. Estadão - Foto: Reprodução/Twitter

Abreu
Cafe beira rio