Cidadão do Povo
Mauricio Dias

O América-MG conquistou mais um título em sua história, sagrando-se Campeão Brasileiro da Série B 2017, numa disputa acirrada contra o poderoso Internacional. O América juntou sua apaixonada torcida em Belo Horizonte para comemorar essa importante conquista. O gol especial da vitória por 1 a 0, sobre o CRB, no estádio Independência, foi marcado neste sábado (25) por Rafael Lima, aos 20 minutos do segundo tempo. Com 73 pontos, o América fecha essa temporada com sucesso. Foto: Divulgação

De acordo com o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Esporte Clube Bahia tem apenas 6,5% de chances de voltar a disputar a Libertadores da América, competição que o tricolor participou há 29 anos. Entretanto, o Esquadrão de Aço  está muito próximo de uma vaga na Copa Sul-Americana. O apontamento dos matemáticos da UFMG dá 91,7% de chances. O Bahia volta a campo no próximo domingo (26), contra a Chapecoense, na Arena Fonte Nova. No momento, o time ocupa o décimo lugar, com 49 pontos conquistados.

Já a situação do Vitória é a seguinte: de acordo estudo do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o rubro-negro tem 37% de risco de rebaixamento. Com 40 pontos, o time figura na 16ª posição do campeonato. O levantamento tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes no certame, bem como a dificuldade dos confrontos em função dos adversários. O próximo compromisso do Vitória é justamente com a Ponte Preta, rival direto na briga contra a degola. O duelo acontecerá no domingo (26), às 16h (horário de Salvador), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

A maior competição de futebol amador do Brasil terá um campeão inédito em 2017. Pela primeira vez na história do campeonato, Euclides da Cunha e Eunápolis decidirão o título. Na rodada de volta da semifinal, neste domingo (19), os finalistas deixaram Itabela e Santo Amaro para trás. Em Itabela, Euclides da Cunha, que já havia vencido em casa por 3 a 1 voltou a bater a equipe itabelense, desta vez por 2 a 1 e chegou à sua terceira final (foi vice-campeã em 2002 e 2003).

Já Eunápolis, que venceu Santo Amaro em casa por 1 a 0 suportou a pressão da Seleção de melhor campanha do certame e segurou o 0 a 0, na casa da adversária, que lhe deu a vaga na primeira final da sua história. Agora, na disputa do título, Euclides da Cunha, com melhor campanha fará o segundo e decisivo duelo em sua casa. A Federação Bahiana de Futebol divulgará, nesta segunda-feira (20), a tabela detalhada com datas e horários das finais. Fonte: FBF - Foto: Reprodução/Geovan Santos / Ligeirinho no Esporte

O fantasma do rebaixamento volta assustar a torcida do Vitória. Jogando em casa neste domingo (19), o rubro-negro baiano ficou apenas no empate em 1x1 com o Cruzeiro, cedendo o empate aos visitantes após estar vencendo o jogo. Com esse resultado, o Leão terá agora que torcer para a Ponte Preta não vencer sua partida nesta segunda-feira (20) diante do Fluminense, pois em caso de triunfo da Macaca Paulista, o elenco comandado por Vagner Mancini volta à zona do rebaixamento. De qualquer forma, o próximo confronto do Vitória será contra a própria Ponte Preta no domingo (26), às 17h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Foto: Mauricia da Matta/Divulgação/E.C.Vitória

Invicto a seis jogos, o Esporte Clube Bahia foi um time irreconhecível jogando fora de casa na tarde deste domingo (19) diante do Sport Recife na Ilha do Retiro. Apresentando um futebol sem rendimento e abaixo do seu potencial, o Bahia perdeu para o Sport por 1x0, com o único gol da partida sendo assinalado por Marquinhos, ex-Vitória. Esse resultado deixou o Esquadrão de Aço em 10º lugar com os mesmos 49 pontos. O próximo compromisso do Bahia será no domingo (26) contra a Chapecoense, às 19h (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova. Foto: Reprodução/Blog meusport.com

Depois de América-MG e Inter, as outras duas equipes que jogarão a Série A de 2018 foram definidas neste sábado (18): Ceará e Paraná. O Vovô volta à elite depois de seis anos e nem precisou entrar em campo contra o Criciúma, em Santa Catarina para ter o acesso consumado, já que o Oeste perdeu do ABC por 2x0, em Natal.

Já o time paranaense venceu o CRB por 1x0 fora de casa e comemorou a derrota do Oeste e o empate entre Londrina e América-MG, em 0x0. O Paraná havia disputado a Série A pela última vez em 2007. Na sexta (17), a Luverdense se juntou a ABC, Santa Cruz e Náutico como rebaixados para a Série C. Correio - Foto: Reprodução

O Esporte Clube Vitória perdeu de virada na noite desta quinta-feira (16), por 2 a 1 para o time da Chapecoense, em partida disputada na Arena Condá, em Chapecó. Esta foi a primeira derrota do técnico Mancini em jogo fora dos seus domínios, já que o rubro-negro não era vencido fora de casa desde 16 de julho, quando perdeu para o Palmeiras por 4 a 2. Na partida desta quinta-feira, o tme baiano chegou a sair na frente com David, aos 19 minutos do primeiro tempo, mas sofreu a virada com gols de Arthur Caike, aos 24 do primeiro tempo, e Túlio de Melo, aos 32 da etapa final.

Após a derrota de ontem, o Vitória fica estacionado na 16ª posição, com 39 pontos, e volta a se aproximar da zona de rebaixamento. A Ponte Preta, em 17º, só atrás do Leão no saldo de gols (-8 do Vitória contra -11 da Ponte). Já a Chapecoense com triunfo chega aos 47 pontos e afasta de vez qualquer chance de rebaixamento para a Série B. Na próxima rodada, o Vitória enfrenta o Cruzeiro no Barradão, domingo (19), às 16h (horário da Bahia). Foto: Reprodução/Youtube

O atacante Mendoza foi autor do primeiro gol do Bahia e um dos destaques da partida

Após triunfo diante do Santos por 3x1, na noite desta quinta-feira (16), na Arena Fonte Nova, o Bahia ficou a apenas um ponto do Flamengo, sétimo colocado. O que era só um sonho virou objetivo real após os gols de pênalti de Mendoza e Edigar Junio e o gol contra de Alison - Bruno Henrique anotou para o Santos.

Restam agora três rodadas para o término do Brasileirão, e o Tricolor de Aço é o nono colocado com 49 pontos. Flamengo e Vasco, este em oitavo, somam 50 pontos cada. O próximo adversário do time treinado pelo técnico Paulo César Carpegiani é o Sport, domingo (19), na Ilha do Retiro, em Recife. Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Depois de longos 36 anos, o Peru jogará uma Copa do Mundo. Na quarta-feira (15), o drama acabou e o sonho de todo torcedor peruano se concretizou com a vitória por 2x0 sobre a Nova Zelândia, no lotado estádio Nacional, em Lima, na partida de volta da repescagem para o Mundial de 2018. No duelo da ida, no sábado (11) passado, as seleções haviam empatado sem gols em Wellington, no outro lado do planeta, na Oceania, e quem vencesse estaria garantido na Rússia.

Os heróis da classificação do Peru foram o atacante Jonathan Farfán, autor do primeiro gol na etapa inicial, e o zagueiro Christian Ramos, que fez o segundo depois do intervalo. Mas o destaque em campo foi o meia Cueva, do São Paulo, responsável pelas assistências para os dois gols e outras jogadas de ataque dos peruanos.

Esta será a primeira vez que o Peru chega a uma Copa do Mundo desde 1982, mas antes da competição na Espanha - na qual caiu na fase de grupos -, o país já havia disputado outros três Mundiais. Foi em 1930, no Uruguai; em 1970, no México, quando caiu nas quartas de final para o Brasil, em sua melhor participação até agora; e em 1978, na Argentina. CB - Foto: Reprodução/Getty Images

De virada, o Corinthians venceu o Fluminense por 3 a 1, na noite desta quarta-feira (15). na arena corintiana, e conquistou o seu sétimo título Brasileiro. Henrique abriu o placar para os visitantes no primeiro minuto do jogo, mas Jô fez dois em três minutos no início da etapa final. Jádson fez o terceiro e deu números finais ao duelo. O time comandado pelo técnico Fábio Carille fez uma campanha impecável no primeiro turno e terminou invicto.

No segundo turno a equipe teve algumas oscilações, mas mesmo assim não deixou escapar o primeiro lugar desde quando assumiu a ponta na quinta rodada. Com o resultado diante do Flu, o Corinthians chegou aos 71 pontos, dez a mais que o Grêmio, segundo colocado. O time paulista ainda tem mais três duelos pela frente até o encerramento do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso é contra o Flamengo, domingo (19), na Ilha do Urubu. Foto: Reprodução

Estádio Municipal Luiz Agres de Carvalho (Estádio Luizão)

A vantagem obtida na primeira semifinal do Intermunicipal sobre Itabela, no último domingo (12), era para resultar apenas em festa para Euclides da Cunha. No entanto, o time teve um prejuízo. Após o jogo, cerca de R$ 15 mil da renda do jogo foi roubada num assalto, na saída do Estádio Luizão. Dois homens numa moto teriam roubado a quantia. A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Luciano Pinheiro, em contato com a reportagem do blog Bahia Notícias.

“Depois da partida, o diretor da partida, ao pegar os atletas, por volta de 18h30, foi surpreendido por elementos numa moto. O renderam o veículo já na saída do estádio, pelos fundos, tiraram ele do carro, e levaram uma parte do dinheiro”, contou, em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com Pinheiro, um boletim de ocorrência foi registrado na 25ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Euclides da Cunha. A reportagem do BN tentou contato com a delegacia, mas não obteve êxito. Contudo, segundo o prefeito, os homens ainda não foram encontrados. A seleção de Euclides da Cunha venceu o confronto por 3 a 1 e pode perder por até um gol que se classifica à final da competição regional. BN - Foto: Reprodução/Tabocas Notícias

O Esporte Clube Bahia ficou no empate em 2 a 2 com o Atlético (MG), jogando na Arena Fonte Nova, na tarde deste domingo (12). Com o resultado, válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o tricolor baiano continua na 9ª colocação na tabela de classificação, agora somando 46 pontos.

Esse resultado não agradou o técnico Paulo Sérgio Carpegiani, pois o Bahia perdeu a chance de se aproximar um pouco mais da zona da Libertadores, após tropeços de Flamengo e Vasco. O próximo compromisso do Esquadrão de Aço será na quinta-feira (16), às 21h, na Arena Fonte Nova, diante do Santos. Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia/Divulgação

Jogando desde os 12 minutos do segundo tempo com um atleta a menos em sua equipe, o Esporte Clube  Vitória conseguiu um empate importante por 1 a 1 diante do Grêmio, neste domingo (12), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela 34ª rodada do Brasileirão. O resultado deixou o time um pouco mais perto de se safar de vez da zona de rebaixamento, agora com 39 pontos, ainda na 16ª colocação na tabela – a três do Sport, o 17º na classificação. Agora, o Vitória viaja a Chapecó para encarar a Chapecoense, na próxima quinta-feira, 16, às 19h (da Bahia), pela 35ª rodada. Foto: Rodrigo Rodrigues l Grêmio FBPA

O América-MG voltará a jogar a primeira divisão do Campeonato Brasileiro em 2018. O time mineiro conquistou o acesso na tarde deste sábado (11) ao derrotar o Figueirense fora de casa por 2 a 1 e alcançar 66 pontos ganhos. Apesar de restar ainda nove pontos a serem disputados, onde o Coelho pode ser alcançado pelo Oeste, que é o 5º com 57, há vantagem mineira em relação ao número de vitórias, que é o primeiro critério de desempate.

O empate do Internacional, dentro de casa, com o Vila Nova, ocasionou na demissão do técnico Guto Ferreira. Com o resultado, o América (MG) assume a liderança da competição, enquanto o Colorado ficou com 64 pontos, na segunda colocação.

Náutico rebaixado

Se o dia é de festa em Minas, em Pernambuco o clima é de pura tristeza. Pelo menos para a torcida do Náutico. Após ser derrotado em casa pelo Londrina, por 2 a 1, o clube pernambucano foi rebaixado para terceira divisão, juntamente com o ABC, que já havia confirmado o rebaixamento.

Com apenas 31 pontos, o Náutico não consegue mais deixar a zona de rebaixamento, já que o CRB é o primeiro fora do grupo, com 42 pontos, ou seja, 11 a mais, sendo que só restam nove pontos a serem disputados para últimas três rodadas. Fonte: Bocão News

O Esporte Clube Vitória finalmente conseguiu êxito dentro de casa depois de amargar um longo jejum. Na noite desta quarta (8), conseguiu vencer o Palmeiras por 3x1 no Barradão, levando seu torcedor a liberar o grito preso na garganta há muito tempo. Depois de 10 jogos em três meses, o Leão voltou a vencer em seus domínios. De quebra, chegou a 38 pontos e deixou a zona de rebaixamento. passando a ocupar agora a 16ª colocação na tabela. Os gols da noite foram marcados pelo Vitória por Yago (duas vezes) e Tréllez, enquanto o Palmeiras diminuiu com Dudu de cabeça. Próximo desafio do rubro-negro baiano será contra o Grêmio, domingo (12), às 17h no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Mesmo saindo perdendo no placar, o Esporte Clube Bahia teve força para empatar e virar diante do Avaí no estádio Ressacada, em Florianópolis (SC). Marquinhos abriu o placar para o time mandante, mas Edigar Junio, duas vezes, garantiu o triunfo tricolor por 2x1, na noite desta quarta-feira (8). Com o resultado de ontem a noite, o Bahia chega aos 45 pontos e assume a 9ª colocação na tabela de classificação, entrando na zona da Sul Americana. O próximo compromisso do Esquadrão de Aço será no domingo (12), às 18h, contra o Atlético (MG) diante da sua torcida na Arena Fonte Nova. Foto: Felipe Santana/divulgação/EC Bahia

Foto: Divulgação/Vasco da Gama

O Vitória continua sua via crucis no campeonato brasileiro da série A. Neste domingo (5), ficou com um empate em 1x1 no sufoco contra o Vasco, no Maracanã. O ponto conquistado no Rio de Janeiro por pouco não tirou o Vitória da zona de rebaixamento. O rubro-negro saiu de campo fora do Z4, mas o empate do Sport em 1x1 com a Chapecoense, aos 49 minutos do 2º tempo, derrubou o Leão para o 17º lugar. O próximo compromisso do Leão será na quarta-feira (8), contra o Palmeiras. O jogo desta vez será no Barradão, às 20h45 (Horário da Bahia).

Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia

Já o Tricolor de Aço venceu a Ponte Preta na tarde deste domingo (5), na Fonte Nova, por 2x0, e abriu distância da zona de rebaixamento. Os gols da partida foram marcados por Mendoza, no primeiro tempo, e Edigar Junio, no segundo. O resultado deixou o Esquadrão na 10ª colocação, com 42 pontos. O próximo compromisso do Bahia será na quarta-feira (8), às 18h30, diante do Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

O Bahia tem a chance de dar um grande passo rumo à permanência na elite do Campeonato Brasileiro. Basta passar pela Ponte Preta, neste domingo (5), às 17h (horário da Bahia), na Arena Fonte Nova, e chegar a 42 pontos. Atualmente, o time comandado por Paulo César Carpegiani tem 39 e está na 13ª colocação.

Segundo os estatísticos, o clube que alcançar 45, 46 pontos fica muito perto de se livrar da degola. Com isso, se o Tricolor vencer a Macaca hoje a tarde (17ª colocada com 35 pontos), só precisaria de um triunfo e um empate em seis jogos.

Sobre a escalação do tricolor baiano, é provável que Zé Rafael tenha o auxílio de Allione, Vinícius e Mendoza na criação de jogadas – apenas Renê Júnior como volante. Na lateral esquerda, joga Juninho Capixaba. A novidade na lista de relacionados foi o lateral-direito Wellington Silva, que se recuperou de lesão. Fonte: A Tarde - Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia

Precisando mais que nunca vencer no Campeonato Brasileiro, o Esporte Clube Vitória está na 19ª colocação, com 34 pontos, e o sinal de alerta está mais do que ligado na Toca do Leão. A primeira chance de deixar a zona de rebaixamento será neste domingo (5), às 18h (horário da Bahia), contra o Vasco, no Maracanã.

Para conseguir a façanha, o rubro-negro terá que se superar e quebrar o jejum sem triunfos. Nos últimos cinco jogos, o time baiano somou três derrotas e dois empates. Ostenta a pior sequência do campeonato no momento, junto com o lanterna Atlético-GO. Para dificultar ainda mais a missão, o Vasco vive momento inverso. Brigando na parte de cima da tabela, o alvinegro vem de sete jogos invicto e tem a Libertadores como meta.

O provável time do Vitória tem Caíque, Patric, Kanu, Wallace e Juninho; Ramon, José Welison e Yago; David, Neilton e Tréllez. O atacante Kieza sentiu dor no joelho durante o treino de sábado (4) e foi vetado. *Correio - Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória/Divulgação

O Esporte Clube Vitória deu mais uma mancada dentro de casa e ficou apenas no empate por 1 a 1, na tarde deste domingo (29), diante do Atlético-GO, lanterna do Campeonato Brasileiro. Apesar do ponto conquistado, o resultado foi considerado um desastre para a equipe baiana que não consegue emplacar triunfos em seus domínios e, pior, perdendo um pênalti no finalzinho da partida. O time rubro-negro saiu vaiado de campo. Após a rodada de entem, o Vitória caiu para a 19ª colocação na tabela de classificação, com 34 pontos, assumindo agora a vice-lanterna da competição. O próximo compromisso do Leão é com o Vasco, no Rio de Janeiro, no próximo domingo. Para continuar sonhando com a permanência na Série A, precisa vencer, pelo menos, quatro das sete partidas finais. Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória

Abreu
Cafe beira rio