Cidadão do Povo
Mauricio Dias

Policiais Civis do Núcleo avançado da 16ª Coopin sob o comando do Dr. Eduardo Brito, desarticularam na tarde desta quarta-feira (4), parte de uma quadrilha acusada de vários crimes em toda Região Centro Norte da Bahia e na área da Chapada, a Operação contou com a participação de Policias Civis de Jacobina, Mairí e Baixa Grande, as investigações se iniciaram após o roubo de uma caminhonete Hilux SW4 no dia 24 de Setembro de 2017 na região de Seabra, onde quatro elementos armados com revólveres e espingardas calibre 12, ocupando um veículo Prisma de Cor Branca, abordaram a SW4 onde fizeram seus ocupantes como reféns e sendo posteriormente Liberados.

Após trocas de informações da Coordenadoria de Seabra e a 16ª Coorpin em Jacobina sobre o possível paradeiro do veículo e, após concretizadas as informações, os policiais conseguiram realizar um cerco em uma propriedade rural entre as cidades de Mairi e Baixa Grande, onde com êxito prenderam Jadilson Pereira dos Santos “canarinho” e Antônio Carlos Neres da Silva “Neres de Nêgo de Celina”, sendo que um terceiro elemento conseguiu fugir ao cerco Policial. “Canarinho” tinha mandado de prisão em aberto e era fugitivo do Complexo Policial de Baixa Grande, já “Neres de Nêgo de Celina” é irmão de Ceumiranda Neres da Silva. “Nego de Celina” é conhecido na região como assaltante de bancos e cargas, além de ser o mentor intelectual da quadrilha que usa a região de Baixa Grande como QG da quadrilha.

Região onde a quadrilha atuava com maior intensidade e mantinha seu QG

Segundo o Delegado Eduardo Brito, as coordenadorias de Itaberaba, Seabra, Jacobina e Irecê estão unidas em uma força tarefa na troca de informações para tentar prender o resto dos integrantes da quadrilha, como também já está sendo feito um levantamento sobre crimes praticados que tenham as mesmas características operandi desta quadrilha, como também capturar “Nego de Celina ” o seu chefe e mentor intelectual. “ Canarinho" e "Neres” foram apresentados no Complexo Policial de Baixa Grande, autuados em flagrante delito pelo Delegado Almir Gois e enquadrados pelos crimes de receptação e organização Criminosa, permanecendo presos e à disposição da Justiça. Fonte 16ª Coorpin

Cafe beira rio
Abreu