Cidadão do Povo
Mauricio Dias

Reforços nas áreas litorâneas, nos pontos turísticos, eventos e nas ações preventivas em Salvador e outros cinquenta municípios e localidades estão garantidos com o lançamento da Operação Verão, ocorrida nesta quarta-feira (6), na Praça Osório Villas Boas (antigo clube do Bahia), Boca do Rio. Mais de 24 mil plantões policiais serão disponibilizados pelo Governo do Estado no período, que tem início em dezembro e vai até o final do mês de fevereiro.

A estrutura disponível para a operação, que pagará mais de R$ 3,5 milhões em postos extras de trabalho, foi apresentada pelo secretário da Segurança Pública em exercício, Ary Pereira de Oliveira. “Nosso policiamento ordinário permanece inalterado. Com a Operação Verão, o Governo do Estado disponibiliza, por meio de escalas extras, recursos para que nós possamos atuar de forma ainda mais intensa nas localidades onde há aumento do fluxo de pessoas”, explicou durante a apresentação da operação verão, que tem a participação das polícias Militar, Civil, e Técnica, além do Corpo de Bombeiros.

Cerca de 23 mil plantões serão destinados pela Polícia Militar, que vai atuar na prevenção de crimes com reforços nos municípios que possuem o aumento de fluxo de visitantes, além de intensificação nas operações rotineiras nos bairros da capital e da RMS. A participação da Operação Ronda Maria da Penha é a novidade da PM para a operação este ano. Este também é o primeiro Verão com cobertura da lancha da 19ª CIPM (Paripe), recém-entregue à unidade operacional.

Entre os municípios e localidades do interior que receberão o incremento nas ações policiais estão Porto Seguro, Valença, Camamu, Ilha de Itaparica, Vera Cruz, Juazeiro, Bom Jesus da Lapa, Paulo Afonso, Rio de Contas, Morro de São Paulo e Barreiras.



Na Polícia Civil, além dos reforços nas Delegacia Territoriais onde há o aumento de demandas na estação, a instituição também atuará com ações específicas no período. São elas as operações Pista Limpa, realizada em conjunto com as polícias Federal, Rodoviária Federal, Militar – em conjunto com o BPRv e Técnica, as operações Mar Seguro, executada com o aumento da fiscalização na travessia via Ferry Boat,

Voo Legal, com foco no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães e Correspondência Legal, nos Correios, em parceira com o DPT. Todas as ações visam a repressão à entrada de drogas no estado. Também haverá instalação de estruturas físicas da PC nas festas populares. No total, mais de 1100 servidores participam da operação. Foto: Reprodução

Abreu
Cafe beira rio