Cidadão do Povo
Mauricio Dias

O recebimento de R$ 70 mil reais, possivelmente de uma indenização. Esse foi o motivo para Daniel Neves Santos Filho, 29 anos, Carlos Alberto Neres Júnior, além de três menores invadirem a residência do casal Juvenal Amaral e Kelly Cristina Amaral, em Camaçari. Pelo fato de não conseguirem pegar o dinheiro, o grupo estuprou a mulher, e assassinou o casal e enterrou os corpos nos fundos da casa.

De acordo com a delegada Maria Tereza Santos, titular da 4ª Delegacia de Homicídios (DH/Camaçari), Daniel e Carlos Alberto, além do latrocínio, foram indiciados por estupro, ocultação de cadáver, porte ilegal de arma e corrupção de menores. “E os menores, responderão por estupro e latrocínio”, explicou a delegada.

O grupo foi preso na tarde desta terça-feira (9), por equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Polo Industrial. Com eles foram encontrados uma espingarda calibre 12, um revólver e um veículo modelo Focus, placa JOD-0346. Uma denúncia anônima ajudou os militares no flagrante, em um imóvel, no bairro Santo Antônio. Segundo o comandante da unidade, major PM Orlando Rodrigues, os detidos mostraram, no terreno atrás da casa, onde eles fizeram os buracos e enterraram os corpos. Foto: Divulgação/SSP-BA

Abreu
Cafe beira rio