Cidadão do Povo
Mauricio Dias

Na avaliação do autor, o prazo garantido pelo veto do Executivo foi insatisfatório", diante da repercussão da medida. “A norma possui amplo alcance, pois afeta os motoristas que circulam em rodovias nacionais e os órgãos de trânsito da Federação, exigindo, portanto, que tenha sua vigência iniciada em prazo que permita sua divulgação e conhecimento, justifica Leitão.

A Comissão de Viação e Transporte rejeitou o texto de autoria da deputada Soraya Santos (PMDB-RJ), que ampliava o prazo para 12 meses. Esse prazo também foi considerado demasiado. Yahoo - Foto: Marcello Casal Jr/ABr

Abreu
Cafe beira rio