Cidadão do Povo
Mauricio Dias

O Brasil é o segundo país do mundo em que as pessoas mais têm a percepção equivocada sobre a realidade. A informação faz parte da pesquisa “Os Perigos da Percepção”, realizada pelo Instituto Ipsos Mori. Segundo o levantamento realizado em 38 países para avaliar o conhecimento geral e a interpretação que as pessoas fazem sobre o país em que vivem, os brasileiros só ficaram à frente dos sul-africanos.

O estudo apresentou aos 29 mil entrevistados perguntas sobre a realidade de seus países e, em seguida, comparou a percepção das pessoas com dados oficiais. O resultado indica que, por todo o mundo, há pouca familiaridade com temas de segurança, imigração, saúde, religião e mesmo tecnologia. Depois do Brasil, aparecem na lista Filipinas, Peru e Índia.

No Brasil, 76% dos entrevistados disseram achar que a taxa de homicídios é mais alta hoje do que era no ano 2000, por mais que o Instituto Ipsos indique que a taxa atual seja a mesma daquele ano. A Rússia foi citada pela maioria dos entrevistados como sendo o país que mais consome bebidas alcoólicas no mundo, por mais que seja apenas a 7ª colocada no ranking que é liderado, na verdade, pela Bélgica, segundo a pesquisa.

O Brasil é o país em que a população tem a percepção mais errada a respeito da gravidez de adolescentes. Enquanto os entrevistados em média acham que 48% das meninas entre 15 e 19 anos dão à luz, o dado real é de 6,7%. Por outro lado, o Brasil é um dos países em que menos se acredita que vacinas causem autismo. Apenas 10% dos entrevistados disseram concordar com essa relação. Os países que têm uma percepção mais próxima da realidade, segundo a pesquisa, são Suécia, Noruega, Dinamarca, Espanha e Montenegro. YN - Foto: Reprodução

O prefeito ACM Neto recebeu na noite desta terça-feira (5) o prêmio de Brasileiro do Ano 2017, na categoria Política, em evento realizado na cidade de São Paulo. No total, dezesseis personalidades foram premiadas pela revista Istoé, entre personalidades que se destacaram nas mais diversas áreas, a exemplo também de Comunicação, Economia, Cultura, Televisão e Empreendedorismo.

Para ACM Neto, o prêmio aumenta sua responsabilidade à frente da gestão de Salvador. "Sinto alegria de estar recebendo este prêmio, sobretudo em um momento de dificuldade da classe política. Quero dividir essa conquista principalmente com os soteropolitanos que, desde 2013, acreditam em nosso trabalho, numa gestão que mudou e está mudando Salvador", comentou o prefeito antes de receber a premiação. Entre os outros premiados da noite estão o juiz federal Sérgio Moro, o apresentador Luciano Huck, e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. BN - Foto: Divulgação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta terça-feira (5) rejeitar representação do Ministério Público Eleitoral (MPE) para multar o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por suposta propaganda eleitoral antecipada.  

Pouco antes, o TSE também negou pedido para multar o ex-presidente Luiz Inácio da Silva por suposta propaganda eleitoral antecipada, em outra representação do MPE, desta vez por um vídeo, publicado em junho, que mostra o ex-presidente fazendo exercícios físicos e uma música ao fundo chamada “estou voltando”.

Na representação contra Bolsonaro, o MPE pediu a aplicação de multa pela veiculação de um vídeo na internet no qual o deputado é recepcionado por apoiadores ao chegar em aeroportos, fazendo menção à sua candidatura às eleições presidenciais de 2018.  

Por maioria, a Corte seguiu voto proferido pelo relator, ministro Admar Gonzaga. O ministro entendeu que não há ilegalidade na veiculação de um vídeo. Para o ministro, a propaganda eleitoral antecipada estaria caracterizada somente com pedido explícito de voto, fato que não ocorreu nas imagens.
 
O voto do relator foi acompanhado pelos ministros Tarcísio Vieira, Jorge Mussi, Luiz Fux e Napoleão Maia. Gilmar Mendes e Rosa Weber votaram pela aplicação de multa por entenderem que houve a propagada antecipada. EBC - Foto: Reprodução

Os devotos de Santa Bárbara celebram, nesta segunda-feira (4), o dia dedicado à santa, padroeira do Corpo de Bombeiros, Mineiros e todos aqueles que trabalham com fogo. A Santa dos católicos também é reverenciada pelos devotos do Candomblé na figura de Iansã, Orixá considerada rainha dos raios e tempestades, senhora que controla os espíritos dos mortos e guerreira destemida.

Santa Bárbara nasceu em Nicomédia, Bitínia, onde se localiza a cidade de Izmit, na Turquia, nos dias de hoje. Bárbara nasceu e viveu no fim do terceiro século. Era uma linda jovem, filha única de Dióscoro, homem nobre e muito rico.A imagem de santa Bárbara sofreu algumas variações ao longo do tempo e pode aparecer com alguns detalhes diferentes. Os mais comuns são a torre, a espada, o cálice e a palma. Outros atributos foram adicionados de acordo com a proteção que as pessoas atribuíam à santa. Foto: Elói Corrêa/ GOVBA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém sua liderança e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) se posiciona em segundo lugar na disputa presidencial para 2018, de acordo com pesquisa relizada pela Datafolha e divulgada neste sábado (2). Em um cenário da pesquisa que considera os dois nomes concorrendo contra Marina Silva (Rede), Joaquim Barbosa, Michel Temer (PMDB) e Henrique Meirelles (PSD), Lula lidera com 34 por cento dos votos, Jair Bolsonaro fica em segundo com 17 por cento e Marina Silva com 9 por cento. O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) ficam empatados na quarta posição, com 6 por cento cada um.

Nesse cenário, Joaquim Barbosa tem 5 por cento das intenções de voto, Alvaro Dias (Podemos) tem 3 por cento, Manuela D'Ávila (PCdoB) 1 por cento, Temer 1 por cento, Meirelles 1 por cento, Paulo Rabello de Castro (PSC) 1 por cento, branco/nulo/nenhum 12 por cento e não sabe, 2 por cento. Para um provável segundo turno, Lula também lidera todos os cenários nos quais foi incluído. O instituto ouviu 2.765 eleitores entre 29 e 30 de novembro, em 192 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.  Foto: Reprodução

Entre os anos de 2003 e 2016, praticamente metade dos 5.570 municípios do país foi obrigada a decretar, pelo menos uma vez em sete anos diferentes, situação de emergência ou estado de calamidade pública em virtude de secas e estiagens. De acordo com o relatório pleno de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil 2017, divulgado hoje (4) pela Agência Nacional de Águas (ANA), do total de cidades afetadas por longos períodos sem chuva, 1.794 são da Região Nordeste.

No mesmo período, de acordo com o relatório, 48 milhões de pessoas foram afetadas por secas (duradoura) ou estiagens (passageiras) no Brasil. Ao todo, foram registrados 4.824 eventos de seca com danos humanos. Somente no ano passado, 18 milhões de habitantes do país foram afetados por fenômenos climáticos que provocaram escassez hídrica. Desse total, 84% viviam na Região Nordeste.

O ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), confirmou nesta sexta-feira (1º) que somente em torno de 30 mil urnas eletrônicas estarão aptas a emitir o voto impresso nas eleições do ano que vem. “Estamos estimando em torno disso”, afirmou Mendes. “Não temos condições nem recursos”, acrescentou o ministro sobre a implantação do voto impresso em todas as cerca de 600 mil urnas eletrônicas que serão utilizadas em 2018. “Vamos comunicar ao Congresso”.

O ministro foi questionado por jornalistas após a informação ter sido antecipada pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, nesta sexta-feira. A implantação do voto impresso nas eleições de 2018 foi aprovada pelos parlamentares no ano passado. Na ocasião, o custo da implantação integral foi estimado pelo TSE em R$ 1,8 bilhão. Pela lei aprovada, em nenhum momento o eleitor terá contato com seu voto impresso, que será depositado em uma urna física para ser utilizado posteriormente em eventual auditoria das eleições. EBC - Foto: Reprodução

O Hospital Regional da Chapada será inaugurado na sexta-feira (1), mas as consultas e exames pré-operatórios para o mutirão de cirurgia já estão sendo realizados em unidades móveis que estão estacionadas na Praça da Bandeira, em Seabra. Apesar da inauguração na sexta, a unidade hospitalar começa a funcionar no domingo com mutirão de cirurgias eletivas e livre atendimento ao público.



O hospital terá 349 profissionais entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem e atenderá toda região da Chapada. Até o final do ano, o Governo do Estado entregará as policlínicas de Irecê (centro norte) e de Jequié (centro sul), e ainda o Hospital da Costa do Cacau, em Ilhéus (sul). Na segunda (4) será assinada a ordem para início das obras do Hospital Metropolitano, que será construído em Lauro de Freitas (RMS). Foto: Divulgação

Termina nesta quinta-feira (30), o prazo para renovação de matrícula para os estudantes da rede estadual que quiserem garantir a vaga nas escolas onde estudam no ano letivo de 2018. Segundo informações do coordenador de matrícula da Secretaria da Educação do Estado (SEC), Marcus Machado, o aluno que não renovar a matrícula não terá a vaga garantida na mesma unidade escolar e no mesmo turno para o ano seguinte.

Como fazer a renovação:

Para efetuar o procedimento, o estudante deverá recolher a carta de renovação na secretaria da escola onde estuda, sinalizar a intenção ou não de permanecer na unidade escolar onde está matriculado e devolver o documento para a escola. Outra opção é o estudante utilizar o código disponível na carta para acessar o sistema e renovar a matrícula pela internet. Foto: Divulgação

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (29), o projeto que autoriza a compra de arma de fogo por moradores da zona rural. Por 11 votos a 5, a proposta segue para análise da Câmara caso não haja recurso para que seja apreciada pelo conjunto dos senadores, em plenário.

O texto altera o Estatuto do Desarmamento para permitir a aquisição de armas de fogo por residentes em áreas rurais maiores de 21 anos. Para isso, os proprietários rurais devem atender a pré-requisitos como atestado de bons antecedentes e comprovante de residência em área rural.

De acordo com o autor do projeto, senador Wilder Morais (PP-GO), a intenção é garantir a segurança dos moradores de zonas rurais que, “não raro, encontram-se a centenas de quilômetros de um posto policial, o que coloca inúmeras famílias à mercê do ataque de criminosos”.

Já os contrários à proposta, como o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), criticaram a possibilidade de se aumentar a criminalidade no campo. "Uma pessoa do campo pode comprar a sua arma. Aí vai lá, na sua diversão, vai num bar beber. Briga e mata outra. O cidadão quando briga, se descontrola, vai em casa e pega a arma", contrapôs. Os senadores argumentaram, porém, que se aprovada, a proposta permitirá apenas a posse e não o porte da arma. Agência Brasil - Foto: Portal Qwerty/Divulgação

Segundo informações publicadas no blog Bahia Acontece, uma funcionária  da Câmara de Vereadores do município de Caém foi formalmente acusada de ter desviado aproximadamente R$ 57.000,00 do poder Legislativo Caenense. A funcionária, que ocupava o cargo de Controladora interna, teria se utilizado da função para realizar desvios do recolhimento da GFIP, contribuição ao Instituto Nacional de Seguridade Social, INSS dos edis,  durante o período de janeiro a julho de 2017. O desfalque foi descoberto recentemente pela empresa de contabilidade que presta serviço a Câmara, e o caso de imediato comunicado ao presidente da Casa, o edil Silmar Matos. Segundo levantamento feito pelo portal de notícias, a referida funcionária teria sido contratada por indicação do ex-presidente da Câmara e trabalhava no Poder Legislativo desde a gestão passada.

O caso já foi registrado na Polícia Civil, que investiga também a informação que a mesma funcionária teria sacado cheques da Câmara de Vereadores com assinaturas falsificadas. Os cheques seriam em valores correspondente a várias diárias que são pagas aos edis quando estes viajam a serviço do Legislativo. As diárias falsas teriam sido criadas pela funcionária para justificar as despesas.

Segundo o blog Bahia Acontece, em um primeiro contato com o presidente da Câmara de Caém, vereador Silmar Matos, este confirmou a situação e disse na oportunidade que o Legislativo fazia o levantamento dos detalhes do ocorrido, que já havia comunicado a situação ao TCM e registrado queixa na Polícia Civil . Afirmou também que a funcionária já tinha sido afastada do cargo. Sobre os cheques sacados o presidente afirmou que realmente foram detectados a compensação de alguns cheques que não estavam no agendamento da administração da casa, mas não citou valores e disse, à época em que falamos com o vereador, que esta situação ainda estava sendo apurada. O presidente da Câmara se prontificou a dar mais detalhes das investigações em um contato futuro, no entanto, nas semanas seguintes tentamos sem sucesso falar com o edil várias vezes. Nossas ligações não foram atendidas. Como se trata de desvio de verbas federais, é provável que a  Polícia Federal assuma as investigações. Fonte: Bahia Acontece

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) informa que os eleitores de Mirangaba, cidade pertencente à 167ª Zona Eleitoral, já podem realizar o recadastramento biométrico no próprio município. É que, a partir desta segunda-feira (27/11), um posto da Justiça Eleitoral passou a funcionar no local. O objetivo é facilitar o acesso dos cidadãos que ainda não realizaram o procedimento.

O novo posto de atendimento está localizado na Câmara de Vereadores da cidade, na Rua Jonas Carvalho, 1 – Sede, e funciona de segunda a sexta, das 7h às 17h, com atendimento por ordem de chegada. Antes da abertura do posto na cidade, os eleitores de Mirangaba estavam realizando o recadastramento biométrico no Fórum Eleitoral de Jacobina, que continuará atendendo aos eleitores da cidade.

Em Mirangaba, o número total de eleitores é de 12.137. Desse total, 6.807 (56,08%) já realizaram o procedimento biométrico. O TRE-BA alerta aos 5.330 que ainda não fizeram o recadastramento sobre o prazo de encerramento para a regularização eleitoral. A data limite para a coleta das digitais é 31 de janeiro de 2018 e aqueles que não estiverem em dia com a Justiça Eleitoral terão o título cancelado. Ascom/TRE-BA - Foto: Divulgação

O número de câmaras de vereadores da Bahia com as contas de 2016 reprovadas mais que dobrou em comparação com o período anterior. Desde fevereiro, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou 181 casos, menos da metade das 417 câmaras em atividade no estado, com 17 rejeições.

A aproximadamente um mês do fim do ano, a quantidade igualou o total de reprovações referentes ao exercício de 2015, mas em termos percentuais, o índice atual de rejeição está duas vezes maior - 9,3% contra 4%. Extrapolar limite de gastos com pessoal e encerrar mandato como presidente de câmara com as finanças do Legislativo no vermelho estão entre as principais causas para as condenações do TCM. *Informações da Coluna Satélite - Correio da Bahia - Foto: Reprodução

Os procuradores da República que integram as forças tarefas da Operação Lava Jato em Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro se reuniram, hoje (27), na sede da Procuradoria da República no Rio de Janeir, no centro do Rio, para avaliar as formas de atuação, tecnologias empregadas nas investigações e fatores que estimulam a corrupção no país. Ainda no encontro, também discutiram métodos de integrar as ações nas três cidades.

Ao fim do evento, divulgaram um documento chamado de Carta do Rio, no qual apontam a necessidade do aperfeiçoamento da legislação no combate à corrupção no Brasil e incentivam a sociedade a acompanhar o desempenho dos parlamentares da atual legislatura e a incluir o critério da anticorrupção nas escolhas dos deputados e senadores que serão eleitos para o próximo Congresso.

“Se a luta contra a corrupção depende essencialmente do Congresso, é preciso que a sociedade continue atenta aos movimentos dos atuais parlamentares, manifestando-se contra qualquer tentativa de dificultar ou impedir as investigações criminais de pessoas poderosas. Por fim, é crucial que, em 2018, cada eleitor escolha cuidadosamente, dentre os diversos setores de nossa sociedade, apenas deputados e senadores com passado limpo, comprometidos com os valores democráticos e republicanos e que apoiem efetivamente a agenda anticorrupção. Olhando o passado, não podemos descuidar do futuro”, afirmam.

O governador Rui Costa anunciou nesta sexta-feira (24), após inauguração de Policlínica em Guanambi, que vai antecipar a última parcela do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de 2017 aos 417 municípios baianos. A parcela, que seria repassada apenas em janeiro de 2018, será paga no mês de dezembro deste ano, atendendo a um pleito dos prefeitos baianos. A medida, que possibilita às prefeituras baianas o fechamento de suas contas públicas, também foi adotada pelo governador nos últimos dois anos. BN - Foto: Divulgação/GOVBA

A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a condenação da senadora Gleisi Hoffmann (PR), presidente nacional do PT, do marido dela, o ex-ministro Paulo Bernardo, e do empresário Ernesto Rodrigues. Os três são réus no STF pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O Ministério Público afirma que eles se envolveram em um esquema que teria desviado R$ 1 milhão da Petrobras. Todos negam as acusações.

O Ministério Público afirma que os três se envolveram no desvio R$ 1 milhão da Petrobras. O dinheiro, afirma a PGR, teria sido direcionado para campanha eleitoral de Gleisi, em quatro parcelas de R$ 250 mil. O repasse, ainda segundo a denúncia, teria sido realizado por meio de empresas de fachada do doleiro Alberto Youssef contratadas pela Petrobras. Também conforme a PGR, os recursos foram liberados pelo ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, cujo objetivo seria obter apoio político de Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo para se manter no cargo. Foto: Marcos Oliveira / Agência Senado

O Ministério Público estadual pediu, em ação civil pública ajuizada nesta quarta-feira (22), que a Justiça determine a criação de uma Unidade de Conservação estadual na Serra das Figuras, localizada na divisa de Jacobina, Saúde, Mirangaba e Caém, região do Piemonte da Chapada Diamantina. Segundo a ação, no local existe um sítio histórico, cultural, ambiental, arqueológico e paisagístico, que se estende pelos quatro municípios, reconhecido pelo próprio Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac).

Os autores da ação, promotores de Justiça Pablo Almeida, Cristina Graça e Mireli Moreschi, afirmam que o sítio constitui “importante testemunho da história do ciclo econômico da exploração do ouro e das pedras preciosas na Bahia, as quais, todavia, estão em completo abandono por reiteradas omissões estatais”. Eles também apontam que estudos arqueológicos comprovaram a existência de ruínas das casas da Vila de São Miguel das Figuras e, inclusive, da Igreja de São Miguel Arcanjo (ou das Figuras), que datam de 1755.



Segundo relatório do Ipac, citado na ação, a Igreja e a Vila foram fundadas pelo bandeirante e garimpeiro Romão Gramacho, que explorava ouro na região, onde também residia. Conforme os promotores, a Igreja permaneceu em estado razoável de preservação até 1980, quando passou a sofrer processo de deterioração. No sítio, também foram identificados achados arqueológicos, como um urna funerária indígena. Além disso, afirma a ação, diagnóstico ambiental da região mostra que “mais de 76% da área encontra-se preservada sob a perspectiva da flora, bem como indica a presença de 151 espécies de animais no local, das quais três são ameaçadas de extinção, dentre eles a jaguatirica”.

O MP pede concessão de decisão liminar para que o Estado da Bahia, o Ipac e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) iniciem, em até 30 dias após a decisão, trabalhos de proteção, recuperação e preservação do sítio da Serra das Figuras, com disponibilização de seguranças para proteger o local 24 horas por dia, instalação de sistema de videomonitoramento, fixação de placas sinalizadoras para indicar e educar sobre o valor patrimonial do local e promoção das reparações mais urgentes para evitar maior deterioração das ruínas. É pedido também que, além da criação da Unidade de Conservação, seja constituído consórcio público entre o Estado e os quatro Municípios para proteção do sítio arqueológico. Fonte: MP-BA - Texto: George Brito (DRT-BA 2927)

Na noite desta quinta-feira, (23), a maior casa de espetáculos da Bahia, o memorável Teatro Castro Alves deu espaço pra que a voz das mulheres pudesse ser ouvida. O dia 20 de Novembro é uma data marcante, que não se limita à lembrança da morte de Zumbi dos Palmares, mas também remete à luta contra o racismo. Pautada no desejo pelo fim das práticas racistas e também a luta contra o racismo. O TCA recebeu nesta noite, a II Edição do Mulher com a Palavra, que é um projeto da Secretaria Estadual de Políticas para Mulheres e recebeu como convidada a atriz global, Camila Pitanga.

 O Prefeito de Jacobina Luciano Pinheiro, juntamente com a primeira-dama e Secretária da Assistência Social, Aline Pinheiro e parte da equipe da Secretaria Municipal da Assistência Social estiveram presentes no evento. Para Aline, o evento é um chamamento ao dever do homem e da mulher enquanto cidadãos, e também alerta a sociedade para problemas que estão diante dos nossos olhos. “Infelizmente ainda convivemos com dois problemas que causam dor e medo a todos nós, o racismo, que só de pensar, que ainda convivemos com tal preconceito no século XXI, já demonstra o quanto precisamos avançar em conscientização, e o machismo que ameaça, leva temor e infelizmente mata. Este momento de reflexão é também um momento de alerta” disse Aline.



Segundo o Prefeito Luciano, Jacobina tem dado uma lição no que diz respeito a tais práticas, porém não podemos achar que já vencemos a guerra contra o racismo e o machismo. “Hoje temos o CRAM em nosso município, que é um Centro de acolhimento e encaminhamento dos problemas vividos por mulheres em situação de violência.Jacobina chegou a figurar entre as 300 cidades do país violência contra a mulher, com uma média de 4 casos registrados por dia e o trabalho do CRAM já vem mudando está triste realidade, o racismo, é um mal que às vezes ataca de forma velada e camuflada e que também precisa ser combatido, o dia da consciência negra não é apenas dia 20 de Novembro, se faz necessário ser lembrado todos os dias pra que atrocidades não voltem a se repetir e os números de violência contra pessoas negras em nosso país ainda demonstram que precisamos avançar e educar nossa sociedade” disse o Prefeito Luciano. ASCOM/PMJ

Mais de oito prefeituras baianas tiveram suas contas de 2016 rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios  (TCM) na sessão desta quinta-feira (23). Os ex-gestores de Angical, Anguera, Boa Vista do Tupim, Curaçá, Gongogi, Inhambupe, Saubara e Teolândia sofrerão representação do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) em função do descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, que recrimina a ausência de recursos em caixa para pagamento de despesas que ficaram para gestão seguinte. Leopoldo de Oliveira Neto, Mauro Selmo Vieira, João Durval Trabuco, Carlos Luiz Leite, Altamirando de Jesus Santos, Benoni Eduard Leys, Joelson Silva das Virgens e Lazaro Andrade de Oliveira serão investigados por crime contra as finanças públicas. Fonte: Bahia Notícias

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (23) a favor da restrição ao foro privilegiado para deputados e senadores. Até o momento, sete dos 11 integrantes da Corte se manifestaram a favor a algum tipo de restrição na competência do tribunal para julgar crimes praticados por deputados e senadores. Os demais ministros devem votar após o intervalo da sessão.

Para os ministros, deputados federais e senadores somente devem responder a processos no STF se o crime for praticado no exercício do mandato. Na sessão desta tarde, votaram os ministros Alexandre de Moraes, que havia pedido vista do processo, Edson Fachin e Luiz Fux.

Antes da interrupção, Barroso votou a favor da restrição ao foro privilegiado para autoridades. De acordo com Barroso, os detentores de foro privilegiado, como deputados e senadores, somente devem responder a processos criminais no STF se os fatos imputados a eles ocorrerem durante o mandato. Os ministros Marco Aurélio, Rosa Weber e Cármen Lúcia acompanharam o relator.

Abreu
Cafe beira rio