Cidadão do Povo
Mauricio Dias

Numa comunicação ao país, Hassan Rouani declarou o fim do domínio territorial do grupo terrorista

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, anunciou o fim do Estado Islâmico, em um pronunciamento transmitido pela TV Estatal, nesta terça-feira (21). "Hoje, com a guia de Deus e a resistência do povo da região, podemos dizer que este mal foi retirado da cabeça das pessoas ou foi reduzido. Claro que os restos permanecerão, mas a fundação e as raízes foram destruídas", destacou Rouhani

Durante o pronunciamento, Hassan afirmou que a erradicação do Estado Islâmico só foi possível graças a uma luta conjunta entre o Irã, Síria, do Iraque e do Líbano. O comandante da Guarda Revolucionária do Irã, Qassem Soleimani, reafirmou o fim do grupo extremista numa mensagem enviada ao líder supremo do país que foi publicada na Sepah News, o site de notícias dos Guardas.



Na sexta-feira, as forças iraquianas retomaram, a cidade de Rawa, que era dominada por extremistas, e indicaram o colapso do autoproclamado califado pelas terras do Iraque e da Síria. A mídia iraniana tem publicado fotos de membros do governo iraquiano em regiões que eram dominadas pelo EI.

Na semana passada, foram publicadas fotos de Soleimani em Albu Kamal, no leste da Síria, a cidade que Soleimani disse ter sido o último território tomado ao Estado islâmico na região. A Guarda Revolucionária, a força militar mais poderosa do Irã, tem apoiado o presidente sírio, Bashar al-Assad, e o governo de Bagdá há anos. CB - Foto: Reprodução

A sessão de votação na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), de sexta-feira (17), não respeitou uma decisão liminar da Justiça que permitia o livre acesso da população e, por isso, o Ministério Público do RJ pediu a anulação da votação que acabou tirou os deputados peemedebistas Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi da prisão.

Os parlamentares são alvos das investigações da Operação Cadeia Velha. Segundo o MPF-RJ, os deputados estão envolvidos com corrupção, associação criminosa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.  Na quinta-feira (16), a 1ª Seção Especializada do TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) determinou a prisão dos deputados. Porém, segundo a orientação do STF, coube à Alerj decidir, em plenário. o destino dos deputados. R7 - Foto: Reprodução

A secretária Aline Pinheiro disse que o grande desafio agora é regularizar e legitimar os loteamentos já existentes

Uma das questões de maior demanda, no que diz respeito ao setor habitacional em Jacobina, é a regularização de loteamentos públicos e privados em nosso município. Visando legitimar e otimizar este serviço a Prefeitura de Jacobina estará lançando no próximo dia 30 de Novembro, o Programa Morada Feliz.  A iniciativa nasce a partir da necessidade de alguns loteamentos públicos, em que a celeuma já se dava a partir da necessidade de saber a quem pertence os lotes, em outros o que ocorreu nos últimos anos foi invasão e vendas irregulares.

Assim sendo, o projeto que servirá de modelo para pelo menos mais 9 empreendimentos que ainda sofrem com certos problemas documentais e de propriedade, será o Loteamento Cidade de Deus no Distrito de Novo Paraíso. Para a Secretária da Assistência Social, Aline Pinheiro, este é um grande avanço que ajudará aos munícipes que tanto sonham em construir a casa própria.

“Os problemas habitacionais são enormes porém, com o esforço de toda nossa equipe da secretaria e departamento jurídico tem feito com que o Loteamento em Novo Paraíso se torne um exemplo positivo para toda Jacobina, 112 lotes que serão entregues no próximo dia 30 obedecendo às normas, 112 famílias que passam a ter uma nova perspectiva” afirmou Aline. ASCOM/PMJ

Mais de 1,5 milhão de pessoas que ainda não concluíram os cursos do ensino fundamental e médio terão neste domingo (19) mais uma oportunidade de atingir esse objetivo. O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 será realizado em 564 municípios de todos os estados. De acordo com o Ministério da Educação, este ano serão 301.583 participantes do ensino fundamental e 1.272.279 do ensino médio.

O exame será aplicado em dois turnos. De manhã, os portões serão abertos às 8h e fechados às 8h45, os testes começam às 9h e terminam às 13h, no horário de Brasília. Os candidatos do ensino fundamental farão provas de ciências naturais, história e geografia. Para o ensino médio, as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias,além de ciências humanas e suas tecnologias.

No turno da tarde, os portões abrirão às 14h e fecharão às 15h15. O exame começa às 15h30 e vai até as 20h30. Os candidatos do ensino fundamental farão as provas de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física, matemática e redação. Para o ensino médio, haverá os testes de linguagens e códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias.

De acordo com o MEC, as provas objetivas terão, cada uma, 30 questões de múltipla escolha. “Para obter o certificado ou a declaração de proficiência, o participante deve fazer, no mínimo, 100 dos 200 pontos possíveis em cada uma das áreas de conhecimento”. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais  (Inep) divulgou os locais de provas que podem ser acessados pelos candidatos no site do instituto.

A Câmara dos Deputados paga aposentadoria de até 23.344,70 reais por mês para parlamentares cassados. Os benefícios são provenientes de um plano de previdência abastecido, em parte, com recursos públicos. Nove parlamentares que perderam o mandato por envolvimento em esquemas de corrupção ou improbidade administrativa recebem os pagamentos mensais – o valor mais baixo é de 8.775,38 reais.

As aposentadorias somam 126.960,94 reais por mês e seu pagamento não é ilegal. Dos beneficiários desse montante, cinco deputados foram cassados em razão do escândalo dos anões do Orçamento – grupo acusado de receber propina de prefeitos e governadores em troca de liberação de recursos da União nos anos 1990 – e dois por causa do mensalão – esquema de compra de apoio político no Congresso, segundo a acusação, durante o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Além dos pagamentos feitos aos parlamentares cassados, a Casa também reserva uma pensão de 937 reais à família de um deputado que era aposentado e perdeu o mandato durante a ditadura militar. Procurados, os parlamentares cassados disseram que pagaram pelo direito de receber aposentadoria e rechaçaram o rótulo de “privilegiados”.

O ex-ministro e ex-deputado José Dirceu (PT-SP), cassado em 2005 por envolvimento no esquema e agora condenado a trinta anos de prisão na Operação Lava Jato, pode ser o próximo a receber o benefício. Na semana passada, a área técnica da Câmara entendeu que o deputado cassado tem direito a aposentadoria de 9.646,57 reais por mês.

A maior aposentadoria paga aos cassados é a do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), que perdeu o mandato em 2005 no mensalão. Pedro Corrêa (PP-PE), atualmente preso na Operação Lava Jato e cassado em 2006 também no mensalão, recebe benefício de 22.380,05 reais. Hoje, o teto da Previdência Social para aposentadoria do trabalhador da iniciativa privada, pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), é de 5.531,31 reais. *Estadão - Foto: Reprodução

A noite da última segunda-feira (13), em Caatinga do Moura foi marca por chuva, alegria e Inauguração na Rua Nova. Uma comunidade que há muito tempo estava esquecida e a Prefeitura de Jacobina através da gestão do Prefeito Luciano Pinheiro cumpriu mais um compromisso. Aconteceu então a entrega e Inauguração da Praça Manoel Hilário de Jesus e a também a entrega da Primeira Etapa de Pavimentação da Rua Nova.



Segundo o Presidente da Câmara de Vereadores, Noelson Oliveira nos últimos 10 Meses Caatinga do Moura já sente uma enorme diferença. “Nestes 10 meses do ano de 2017 Caatinga do Moura começou a viver um novo momento, hoje os PSFs estão funcionando, recebemos nova viatura da Guarda Municipal, recebemos Dois Tratores com Implementos Agrícolas, hoje a Prefeitura entrega Pavimentação e a Praça e sei que vem muito mais pela frente” afirmou o Vereador Noelson.



A noite festiva não teve apenas a inauguração mas o anúncio de novas obras. “ Entregamos hoje aqui a Primeira etapa de Pavimentação com a Praça Manoel Hilário, e em parceria com a Codevasf iniciaremos uma obra orçada em meio milhão de reais com Pavimentação no Roçado e em Olhos D’água, temos o compromisso de reformar a quadra do Colégio Marcos Jacobina e vamos sim fazer, Caatinga do Moura passará por um novo momento e acima de tudo um momento de melhorias significativas” disse o Prefeito Luciano A Praça em Rua Nova leva o nome do mais antigo morador da localidade, Manoel Hilário de Jesus. ASCOM/PMJ

O governador Rui Costa anunciou nesta terça-feira (14) que o concurso da Polícia Civil terá 1.000 vagas. Segundo o governador, a publicação do edital do certame será feita na primeira quinzena de dezembro. Das vagas anunciadas, 880 serão para investigador de polícia, 82 para delegado e 38 para escrivão. Segundo o governo do Estado, a Polícia Civil pediu a abertura do concurso por causa da aposentadoria, exonerações e morte de policiais. A previsão para o ingresso dos novos policiais na corporação é em julho de 2018. Antes de serem convocados os candidatos farão provas objetivas e discursivas e, depois, precisam passar por exames médicos e teste de aptidão física, fases que também são eliminatórias.

Serão submetidos também a exames psicotécnicos e passarão por investigação social. De acordo com dados da Secretaria de Comunicação do Estado, entre 2015 e 2017, foram nomeados 1.850 novos policiais militares. No ano de 2016, 687 novos policiais foram incorporados aos quadros da Polícia Civil, além da contratação, também, de 414 novos agentes penitenciários e 121 peritos para o Departamento de Polícia Técnica. Considerado o maior da história pelo governo, o concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros foi realizado em junho deste ano. O certame visa preencher 2.750 vagas, 2 mil para PM e 750 para Bombeiros. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A juíza Rogéria Maria Castro, da 2ª Seção do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), aplicou diversas medidas cautelares aos prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, e de Santa Cruz de Cabrália, Agnelo Santos. Uma das medidas é o uso de tornozeleira eletrônica, como previsto no artigo 319 do Código de Processo Penal. Além disso, os prefeitos afastados deverão comparecer periodicamente em juízo, para informar e justificar suas atividades.

Eles também estão proibidos de acessar ou frequentar determinados lugares para evitar riscos de novas infrações, de manter contato com determinadas pessoas relacionadas ao delito, além de ter suspenso o exercício da função pública ou de atividade de natureza econômica ou financeira quando houver "justo receio de sua utilização para a prática de infrações penais". As medidas, segundo a magistrada, foram decretadas para substituir um pedido de prisão preventiva, pois a prisão só deve ser decretada em “situações extremas”, em observância ao respeito “à liberdade”.

Segundo a decisão, “a forma com que os crimes foram cometidos, ‘movimentações financeiras e engenharia organizacional das empresas e as operações de lavagem de ativos’, demonstram, indubitavelmente, o poder de influência nas prefeituras dos municípios de Porto Seguro, Eunápolis e Santa Cruz de Cabrália”, todas cidades no sul da Bahia. O receio era de que os prefeitos, em liberdade, pudessem interferir na colheita de provas documental e oral. BN - Foto: Reprodução/O Baiano

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, entregou o cargo hoje (13) ao presidente Michel Temer. Em carta entregue ao presidente, Araújo agradece a confiança durante seu período à frente da pasta e diz que não há mais apoio dentro do seu partido, o PSDB, para se manter no cargo.“Agradeço a confiança do meu partido, no qual exerci toda a minha vida pública, e já não há mais nele apoio no tamanho que permita seguir essa tarefa”, afirmou.

No documento, Araújo elenca algumas ações do ministério durante sua gestão e encerra com um elogio ao governo Temer. “Tenho a convicção, Sr. Presidente, que a serenidade da história vai reconhecer no seu governo resultados profundamente positivos para a sociedade brasileira. Receba minha exoneração e meus agradecimentos”, finalizou Araújo, na carta, cuja autenticidade foi confirmada por sua assessoria.

Araújo é deputado federal pelo PSDB de Pernambuco e assumiu o ministério em maio do ano passado. Ele participou da criação de programas como o Avançar e o Cartão Reforma. Nesta segunda, Bruno Araújo participou de evento relacionado ao Cartão Reforma no Palácio do Planalto e, logo após, entregou o cargo. Bruno Araújo reassume seu mandato como deputado federal.

A saída de Araújo acontece em meio a rumores no Palácio do Planalto a respeito de uma possível reforma ministerial que poderia envolver a saída de tucanos do governo, depois que o PSDB rachou durante a votação da denúncia contra Michel Temer na Câmara. O presidente, no entanto, nunca falou publicamente sobre a saída de ministros tucanos do primeiro escalão do seu governo. AB- Foto: Reprodução

O índice de candidatos que faltaram à segunda prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, realizada hoje (12), foi de 32%. Cerca de 2,15 milhões de inscritos não compareceram às provas aplicadas neste domingo. Os candidatos responderam hoje questões de matemática e ciências da natureza (química, física e biologia). No domingo passado (5) foram aplicadas as provas de redação, linguagens e ciências humanas. No primeiro dia de prova, foi registrada uma abstenção de 29,8%, com cerca de 2 milhões de candidatos faltosos. No ano passado, a abstenção média nos dois dias de Enem foi de 29,19%.

Neste ano, um total de 853 candidatos foram eliminados do Enem nos dois dias de prova, sendo 273 no primeiro dia e 580 no segundo dia. A maioria foi eliminada por descumprimento de regras do edital (842), nove por terem sido identificadas irregularidades nos detectores de metais e dois por recusa do dado biométrico. O ministro da Educação, Mendonça Filho, classificou esta edição como a mais tranquila aplicação do Enem nos últimos anos, com pouquíssimas ocorrências. Na avaliação dele, o índice de abstenção está dentro da média.

“Historicamente, o primeiro dia tem menos abstenção do que o segundo dia. É um dado que repete um comportamento padrão em exames anteriores. Não vejo isso como uma grande novidade”, disse. Ele lembrou que, a partir deste ano, o participante isento do pagamento da taxa de inscrição do Enem que não compareceu às provas e não justificar a ausência perderá o direito a nova isenção no ano que vem. O ministro anunciou ainda que, em 2018, a inscrição no Enem será gratuita para todos os candidatos que forem aprovados no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), que será aplicado no próximo domingo (19). Agência Brasil - Foto: Fotos Públicas

Em 20 de novembro é comemorado no Brasil o Dia da Consciência Negra. A data foi escolhida para lembrar a morte de Zumbi dos Palmares, uma das principais lideranças negras da história do país. O nome faz referência ao Quilombo dos Palmares, maior espaço de resistência de escravos durante mais de um século no período colonial (1597-1704).

A região que acolhia o núcleo do quilombo, Serra da Barriga, em Alagoas, ganhou reconhecimento internacional. Neste sábado (11), será oficializada a certificação da área como patrimônio cultural do Mercosul.

O título só foi conferido até agora a dois bens no país: a Ponte Internacional Barão de Mauá, ligação entre as cidades de Jaguarão, no Brasil, e Rio Branco, no Uruguai; e a região das Missões, que abrange cinco países (Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia).

A Serra da Barriga foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1985. Em 2007, foi aberto o Parque Memorial Quilombo dos Palmares, próximo à cidade de União dos Palmares, a cerca de 80 quilômetros da capital do estado, Maceió. AB - Foto: Reprodução/Fundação Cultural Palmares

Com o início da vigência da nova lei trabalhista neste sábado (11), a contribuição sindical obrigatória, que era cobrada no valor de um dia de salário de cada trabalhador, deixa de existir e, por conta disso, deverão desaparecer mais de três mil sindicatos. A avaliação foi feita pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, em entrevista ao portal G1.

Atualmente, segundo o ministro, há cerca de 16,8 mil sindicatos no Brasil, dos quais 5,1 mil são patronais. O restante, cerca de 11,3 mil, representa os trabalhadores. "Eu acredito que deverá reduzir em 30% dos 11,3 mil sindicatos [dos trabalhadores]", declarou o ministro. Segundo Nogueira, essa redução vai acontecer porque parte dos sindicatos vai se fundir a outros.

Segundo Ronaldo Nogueira, os sindicatos dos trabalhadores que tendem a desaparecer são aqueles que não realizaram, nos últimos três anos, acordos coletivos, considerados por ele como uma das "razões fundamentais da organização sindical".

"A grande realidade é que o movimento sindical no Brasil vai ter de olhar para dentro e vai ter de se reconstituir no sentido de voltar a ter representação sindical por categoria. Para que os acordos coletivos de trabalho, que tenham força de lei, possam ser deliberados por um sindicato forte. E que realmente ofereça uma contraprestação ao trabalhador, que vai contribuir com alegria", declarou.

Confira os principais pontos da CLT que mudarão com a nova lei:

Casos de nepotismo identificados na Prefeitura Municipal de Irecê motivaram o Ministério Público estadual a ajuizar ação civil pública contra o Município e mais nove servidores da Prefeitura. Na ação, de autoria da promotora de Justiça Edna Márcia Souza Barreto de Oliveira, o MP requer que a Justiça declare a nulidade do ato de nomeação e investidura do irmão e sobrinho do prefeito Elmo Vaz Bastos de Matos; da filha do secretário de Agricultura Arestides Dourado Júnior; do irmão e da esposa do secretário de Educação, Agnaldo Alves de Freitas; da irmã do vereador Fabiano Bia; de dois irmãos do vereador Murilo Franca Paiva Silva; e do filho do secretário de Assistência Social, Jilvaci Matias Dourado.

Além disso, o MP requer que o Município de Irecê se abstenha de nomear cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica para investidura em qualquer cargo público, à exceção daqueles em que o ato de nomeação decorra de aprovação em concurso público. Segundo a promotora de Justiça, o MP expediu recomendação ao prefeito do Município e ao presidente da Câmara de Vereadores no intuito de anular as contratações de pessoas ligadas por vínculos de parentesco com o prefeito, vice-prefeito, vereadores, secretários municipais e servidores municipais, no entanto as recomendações não foram acatadas. Fonte: MP-BA - Redator: Milena Miranda

O Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as prestações de contas das prefeituras de Dom Basílio, Presidente Dutra, Umburanas e Cansanção, da responsabilidade de João Dias Pereira, Roberto Carlos de Souza, Mirian Bruno da Silva e Paulo Henrique Andrade, referentes ao exercício de 2016. Entre as principais irregularidades praticadas pelos gestores está o descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, que trata da inexistência de recursos em caixa para pagamento de despesas do exercício financeiro. Os gestores foram multados e terão representação encaminhada ao Ministério Público Estadual.

No município de Umburanas, a ex-prefeita Mirian Bruno da Silva, além de apresentar uma indisponibilidade de caixa no expressivo montante de R$8.612.235,63 para pagamento dos restos a pagar, realizou a abertura de créditos adicionais sem autorização legislativa. A gestora foi multada em R$4 mil pelas irregularidades contidas no parecer e em R$21.600,00, que corresponde a 12% dos seus subsídios anuais, pela não redução da despesa total com pessoal. Também deverá restituir aos cofres municipais a quantia de R$599.671,74, com recursos pessoais, sendo: R$551.839,24 pela não comprovação do pagamento de folhas de servidores; R$32.720,00 diante da ausência de comprovantes de pagamentos efetivados; e R$15.112,50 em razão da sonegação de processo de pagamento ao exame da Inspetoria Regional do TCM. Cabe recurso da decisão. Fonte: Notícia Livre

Caneta esferográfica de tinta preta e documento oficial com foto são os dois itens que não podem ser esquecidos pelos candidatos que vão fazer o segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no próximo domingo (12). A caneta deve ser fabricada com material transparente e obrigatoriamente preta, porque outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas.

O documento pode ser a carteira de identidade, carteira de motorista, carteira de trabalho, carteira de reservista ou passaporte. A carteira de estudante não será aceita como documento oficial. Também não serão aceitas cópias, nem mesmo as autenticadas. Se o candidato perdeu ou teve o documento roubado, deverá apresentar um boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação do Enem – dia 5 de novembro.

O cartão de comprovação de inscrição, que deve ser impresso na página do Enem, não é obrigatório, mas é recomendável levar para ter acesso mais fácil a dados como o local e a sala da prova. Quem precisar comprovar sua presença na prova, para apresentar no trabalho, por exemplo, deve levar a declaração de comparecimento impressa e colher a assinatura do coordenador no dia da prova. O formulário está disponível na Página do Participante. Lanches são permitidos, mas os alimentos industrializados, como biscoitos, salgadinhos e iogurte precisam estar com as embalagens lacradas. Todos serão vistoriados antes do ingresso na sala.

Itens proibidos

Não é autorizado o uso de celular ou qualquer aparelho eletrônico durante as provas. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o fim das provas. O candidato também não poderá usar lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros, boné, chapéu, gorro e similares e portar armas de qualquer espécie, mesmo com documento de porte. Se estiver com um desses objetos, eles deverão ser colocados no porta-objetos. AB - Foto: Divulgação

Canal de transposição do São Francisco em Alagoas também está na lista do TCU

O Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou ao Congresso Nacional a paralisação de 11 obras por indícios de irregularidades. Entre elas estão a construção da Usina Nuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro, além de rodovias e outras obras de infraestrutura.

Os achados estão no relatório anual de consolidação das fiscalizações de obras realizado pelo TCU, o Fiscobras. Também estão na lista de recomendações para paralisação a construção da BR-235 (Bahia), da BR-040 (RJ), do corredor de ônibus da Radial Leste, em São Paulo, do BRT de Palmas e do Canal do Sertão, em Alagoas, que integra a obra da transposição do rio São Francisco.

No total, foram identificadas irregularidades graves em 72 obras federais, das 94 obras que foram fiscalizadas neste ano. Entre as irregularidades mais encontradas estão projeto inexistente, deficiente ou desatualizado, sobrepreço ou superfaturamento, descumprimento de cronograma e aditivos irregulares.

No Fiscobras 2016, das 126 obras fiscalizadas, em 77 foram detectadas indícios de irregularidades consideradas graves, o que equivale a 61% do total de objetos auditados. Na edição de 2017, das 94 ações de controle, em 72 foram identificados achados considerados graves, o equivalente a 76% das auditorias realizadas.

O Portal G1 publicou nesta quinta-feira (9), o seguinte artigo: "A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.

Nele, minutos antes de ir ao ar num vivo durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista. Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação.

William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo, a partir de amanhã, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos". G1 - Foto: Reprodução

Segundo a coluna Satélite, publicada no jornal Correio da Bahia on line, edição desta quarta-feira (8), o casal de prefeitos Robério Oliveira (Eunápolis) e Cláudia Oliveira (Porto Seguro), ambos do PSD, acumula dívida de R$ 3,5 milhões com multas e ressarcimentos impostos pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) por irregularidades cometidas à frente das prefeituras.

Acusados de desvios que podem chegar a R$ 200 milhões, eles foram afastados da gestão das duas cidades. Robério deve R$ 2,7 milhões, sendo R$ 2,5 milhões de ressarcimentos. A dívida de Cláudia supera os R$ 800 mil. Além deles, o irmão de Cláudia, Agnelo Santos (PSD), prefeito de Santa Cruz, também foi alvo da Operação Fraternos, da Polícia Federal.

Curiosamente, Robério teve as contas do seu primeiro ano de gestão em Eunápolis, em 2006, rejeitadas pelo hoje senador Otto Alencar, presidente estadual do PSD. Relator do processo, o senador ainda determinou multa de R$ 5 mil ao prefeito à época. Mesmo assim, em entrevista ao Bahia.ba, o senador disse que Robério é bom prefeito. Ele afirmou que o partido vai aguardar a apuração da denúncia para tomar uma decisão. *Informações da Coluna Satélite - Correio - Foto: Reprodução

Dos 6,73 milhões de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, 30,2% não compareceram ao primeiro dia de provas. Esse é o maior índice de abstenção desde 2009, quando foram registradas 37,7% de ausência. No total, 273 pessoas foram eliminadas no primeiro dia, sendo que 264 foram por descumprimento das regras gerais do edital e nove por terem algum equipamento identificado pelos detectores de metal. Em 2016, o exame teve 3.942 eliminações ao final do primeiro dia e 4.780 no segundo.

Não foi identificado nenhum caso de candidato usando ponto eletrônico, apenas uma pessoa que usava um fone de ouvido, que foi desclassificada. “A própria divulgação de que estamos utilizando equipamentos que identificam o uso de transmissores deve ter inibido os malfeitores que tentam ir no caminho dessa fraude”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho, em entrevista agora à noite. Neste ano, pela primeira vez foram utilizados detectores de ponto eletrônico. EBC - Foto: Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Em torno de 490 mil estudantes baianos devem fazer as provas do Enem [Exame Nacional do Ensino Médio] que ocorrem neste domingo (5) e no próximo domingo dia 12. No estado, 160 municípios abrigarão salas de provas do concurso. Segundo o A Tarde, a prova de redação será aplicada neste domingo. Sobre a redação, o Supremo Tribunal Federal determinou que não será anulada a prova que desrespeitar temas de direitos humanos.

Além da redação, serão aplicadas neste primeiro dia de Enem as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. Para responder as questões, o tempo concedido é de cinco horas e 30 minutos. No domingo (12), as provas aplicadas serão as de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. O tempo será de quatro horas e 30 minutos. Como a Bahia não está no horário de verão, os portões dos locais de prova serão abertos às 11h e fechados, às 12h. O início das provas ocorre às 12h30. BN - Foto: Reprodução/Agência Brasil

Abreu
Cafe beira rio